Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Não há duas sem três...

21.08.18 | Paula Veiga Claro

Angel Luzinha Fotografia-0493_1.jpg

 

Já temos pano para mangas até ao final do verão! O ditado diz que não há duas sem três e confirma-se. Com 4 anos partiu o queixo. Estava a ver televisão, caiu da cadeira, aterrou no chão e teve que levar cinco pontos. Com 7 anos partiu o braço esquerdo quando caiu do palco abaixo na festa de final de ano da escola. Ontem, com 10 anos, partiu o braço direito enquanto patinava. Um pau enfiou-se nas rodas, os patins bloquearam e estatelou-se brutalmente no chão. Durante a queda levantou inconscientemente o braço esquerdo para o proteger (tem terror de o partir outra vez) por isso suportou o impacto do corpo com o direito e... é muuuuuuito azar :(

 

Desta vez, a menina que nunca chora, perdeu o controlo e entrou em stress total porque já estava a ver as cenas dos próximos episódios. Agarrou-se ao braço enquanto as lágrimas lhe rolavam pela cara num misto de dor e raiva "Eu não acredito, eu não acredito! Agora parti o direito!! Digam-me que isto não me está a acontecer! Digam-me que é só muscular!! Digam-me que é só muscular". Quem já viu este filme percebe logo quando a coisa é feia. O raio-X confirmou a fratura do rádio. Seguem-se 6 semanas de gesso e braço totalmente imobilizado. O Dr Luís Correia do Hospital da Luz foi impecável e garantiu-me que o braço direito vai voltar a ficar direito. Enfim, nem sei mais o que vos diga... apanhei uma pilha de nervos descomunal mas felizmente sou uma pessoa positiva e só peço às entidades divinas que os nossos problemas de saúde sejam sempre (e apenas) ossos partidos. É importante aprender a relativizar. Só assim conseguiremos manter a sanidade mental nesta aventura de ser mãe.

 

Ela, como é óbvio, está enfadada e tristíssima porque é uma miúda super ativa e desta vez não consegue fazer quase nada porque é o direito. Diz que se sente uma múmia! Tem gesso quase até ao ombro, causa-lhe imenso peso e um calor brutal, mal mexe os dedinhos e... enfim, haja imaginação para manter esta miúda feliz e entretida nas próximas semanas. Com muito mimo e paciência isto vai lá!

 

Entretanto, não tenho palavras para agradecer as vossas mensagens e carinho! Têm sido incríveis! Muito, muito obrigada! A Rafaela também as tem lido e estamos de coração cheio. Muito obrigada mesmo! Já percebi que algumas de vocês também têm os filhotes nas mesmas condições por isso aqui vai um grande beijinho de rápidas melhoras para as vossas "múmias". A ver se a malta regressa às aulas em condições...

 

Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube