Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Coisas que perturbam qualquer mãe

15.03.21, Paula Veiga Claro

Paula Veiga Claro Fotografia-0181.jpg

"Eu só quero que a escola abra!!". Esta é a resposta que a Rafaela me dá cada vez que lhe pergunto o que posso fazer para minimizar o seu estado de aborrecimento e saturação. Vai para dois meses que passa o dia diante do computador entre aulas, trabalhos e centro de estudos. Já se queixa dos olhos e das costas. Se para nós não é fácil, muito menos para os jovens que se levantam todos os dias da cama para se sentarem em frente ao computador. Uma rotina que lhes vai roubando a motivação, a produtividade e até a alegria. Uma rotina que parte o coração a qualquer mãe, sobretudo às que prezam um estilo de vida saudável e ativo (como eu).

Sim, porque a escola não é apenas um local de aprendizagem. É um espaço de socialização por excelência. Na escola fazemos amigos, vivemos os primeiros amores, rimos, choramos, competimos, apanhamos frustrações e colecionamos momentos únicos e essenciais ao nosso desenvolvimento emocional, social e psicológico.

Sei que estamos todos no mesmo barco, sei que todos temos perdido muito com esta pandemia mas, sendo mãe, aflige-me particularmente a situação desta juventude. Porquê? Porque os jovens são o futuro.

Também sei que esta clausura é um mal menor para um bem maior mas... que repercussões terá nesta geração?

Se os pequenos já voltaram hoje ao ensino presencial, os mais crescidos ainda vão ter de aguentar 3 semanas. Força Rafaela, força pessoal 💪 são "só" mais três semanas...

 

Também nos podem seguir no Instagram e Facebook

 

2 comentários

Comentar post