Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Cenas que me acontecem... porque fotografar crianças é trabalhar ao sabor do improviso!

07.09.21, Paula Veiga Claro

Paula Veiga Claro Fotografia-8521 (1).jpg


Passo a vida à procura de acessórios queridos para as minhas sessões. Perco-me em lojas online mas também em feiras e mercados de antiguidades onde encontro sempre algumas relíquias. Para além disso, também adoro restaurar, pintar e dar vida a objetos que, aparentemente, já tinham chegado ao fim do seu ciclo de vida. Aliás, restaurar e reaproveitar são dois verbos que nunca me canso de praticar.

Umas das minhas últimas aquisições foi esta mini cadeira de madeira. Achei-a um amor mas os meus clientes mais queridos estão sempre a surpreender-me!

"Eu não me vou sentar nessa cadeira porque é de bebé!", foram as palavras que o T de 3 anos me disse (sem papas na língua!) quando me viu pousar a mochila e a cadeira no chão antes de começar a fotografar.

Eu desatei a rir e disse-lhe que podia ficar descansado porque esta cadeira era para mim porque sou baixinha e pequenina e, por vezes, tenho que me por em cima dela para ficar mais alta e conseguir fotografar certos ângulos.

E foi assim que o enganei :)

Ao fim de uns minutos sentou-se nela espontaneamente e ainda fez de meu assistente porque aqui a Paulinha é baixinha e pequenina e precisa da ajuda de Super Heróis.

Por isso é que gosto tanto de fotografar crianças. São sinceras, teimosas, desafiantes e altamente genuínas. Só com amor, brincadeira e paciência conseguimos dar-lhes a volta e captar a sua verdadeira essência. Dão luta e é isso que me fascina porque, no fundo, tenho 45 anos mas ainda sou mais teimosa e brincalhona que elas. A criança que há em mim adoooora dar-lhes a volta e arrancar-lhe os melhores sorrisos.

 

Também nos podem seguir no Instagram e Facebook