Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

17
Out19

Coisas que me passam pela cabeça enquanto passeio a minha raposa...

Folha.jpg

Há quem diga que o outono é mais uma estação da alma do que da natureza. As folhas soltam-se para que outras possam renascer... e eu dou por mim a pensar que o mesmo se deve aplicar ao ser humano. A nossa alma também precisa de um outono. Porquê? Para que possamos abandonar o que não nos faz falta e exorcizar o que não nos faz feliz. Só assim conseguiremos ganhar espaço para nos focarmos no essencial e renascer ao longo da vida. Uma alma leve será sempre jovem e uma alma jovem será sempre muito mais feliz. O peso do supérfluo só nos prejudica e envelhece. O peso do supérfluo só nos consome. O peso do supérfluo é o lobo mau que nos desvia a atenção e nos afasta do caminho que queremos realmente seguir.

16
Out19

Reportagem fotográfica: Uma festa de aniversário épica!

Angel Luzinha Fotografia-8305.1_B.jpg

Vamos lá arranjar uns minutos para publicar os trabalhos fotográficos que tenho feito nos últimos tempos. Todos os dias digo isto MAS não está fácil!!!! Porquê? Porque o tempo voa e os dias não esticam. De qualquer forma, o blog vai servir cada vez mais para dar destaque ao meu trabalho porque a Rafaela está uma crescida (até já tem a sua própria conta no instagram, podem segui-la aqui) e eu, como mãe e mulher, já não me sinto confortável a partilhar certas coisas (vocês percebem! os miúdos crescem e tudo muda). Para além disso, temos o canal no YouTube onde ela pode falar na primeira pessoa de tudo o que lhe passar pela cabeça. Aliás, bendito o dia que lhe fiz a vontade e criei o canal porque é uma forma incrível de registar o seu crescimento (no domingo estivémos a ver o primeiro vídeo e fiquei parva com o pulo que ela deu em dois anos!). Enfim, para uma colecionadora de momentos (como eu) todos os instantes são absolutamente preciosos.

Bem, mas hoje partilho convosco mais uma festa espetacular que fotografei no Museu das Crianças. Foi lá que o Gui reuniu a sua tribo e festejou uma mão cheia de anos. Primeiro formou uma fila com os amigos e foram votar nas melhores ações para preservar o Planeta! Ouviram tudo com muita atenção, preencheram o boletim de voto, depositaram-no na urna e sentiram-se muito importantes. SIM, porque votar é muito importante! É um direito mas também é um dever cívico (é fundamental passar esta mensagem para as crianças perceberem que a liberdade que temos hoje foi conquistada a pulso pelas gerações anteriores).

E a seguir? A seguir entraram no armário mágico e foram explorar a exposição interativa "A minha aventura pela Histópria de Portugal" que permite às crianças serem as protagonistas de algumas das maiores aventuras da nossa História. Ao longo desta exposição, podem tomar de assalto o castelo medieval, treinar arco e flecha, subir ao trono, enfrentar monstros marinhos, explorar a vida a bordo das caravelas, entrar destemidamente na selva ao som de diversos instrumentos musicais, ajudar a reconstruir Lisboa após o grande terramoto e participar em muuuitas outras aventuras!

E depois? O que é que acontece após duas horas e meia de brincadeira? O corpo começa a pedir energia e a criançada tem que rumar ao jardim do Museu das Crianças para lanchar e cantar os parabéns. Em suma, foi uma festa de aniversário épica! Da minha parte, só me resta agradecer aos pais do aniversariante a confiança que depositaram no meu trabalho e o facto de me autorizarem a publicar alguns desses momentos. Vejam-me os detalhes, os sorrisos e a forma como as crianças brincam e aprendem ao mesmo tempo! Delicioso.

Angel Luzinha Fotografia-8305.2_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8305.3_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8305.5_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.12_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.2_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8310_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8312_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.3_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8306_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.6_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.8_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.4_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.9_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8166_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8171_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8170_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8178_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8183_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8191_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8196_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8215_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8221_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8242_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8248_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8246_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8261_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8276_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8290_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8318_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8321_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8326_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8331_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8336_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8337_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8315.10_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8499_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8382_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8393_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8394_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8403_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8404_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8406_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8408_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8412_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8426_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8430_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8431_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8436_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8437_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8453_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8459_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8452_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8471_B.jpg

Colage_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8473_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8475_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8479_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8481_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8488_B.jpg

Angel Luzinha Fotografia-8489_B.jpg

Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube

14
Out19

Stranger Things...e as saudades que eu tenho dos anos 80!

Angel Luzinha Fotografia-0026.jpgEu e o meu marido já vimos as 3 temporadas desta série de culto. Aliás, somos fãs desde o primeiro episódio. O elenco é excecional e tudo nos remete para a nossa infância/adolescência. Ambiente, guarda roupa, cenário, banda sonora, brincadeiras, diálogos... enfim, não é à toa que os miúdos de Hawkins atingiram o estrelato à escala mundial! Isto para vos dizer que começámos a rever todos os episódios mas, desta vez, na companhia da nossa Rafaela. A miúda está a adorar!!! Pudera!! Quem é que consegue ficar indiferente aos incríveis anos 80?? Quem é que consegue ficar indiferente ao carisma destes jovens atores? Fazem-me lembrar as histórias dos "Cinco" ou os livros "Uma Aventura" que requisitava na biblioteca municipal e devorava durante as férias grandes (sim, sou do tempo em que a malta adorava ler!). Só sei que esta série despoletou em mim uma saudade gigante.

Como é que o mundo mudou tanto em apenas 40 anos??? Saudade dos tempos em que as crianças eram livres e brincavam na rua à vontadinha. Saudade dos tempos em que passávamos tardes a voar de bicicleta (sem capacetes, joelheiras e afins. Era a inconsciência total!). Saudade dos tempos em que os walkie talkies eram o suprassumo da comunicação (a malta delirava, mesmo que só funcionassem num raio de três metros!). Saudade dos tempos sem telemóveis, apps e likes. Saudades dos tempos em que o único filtro era a sujidade com que chegávamos a casa depois de uma tarde a brincar à séria. Enfim, outros tempos! Entretanto, ontem foi dia do meu detox digital. Aos domingos o wi-fi desliga-se e volto aos anos 80. Estou a tentar que a Rafaela também alinhe neste detox mas a minha cria não sente necessidade de se desligar. Porquê? Porque faz parte de uma geração que já nasceu ligada. Quem já nasceu prisioneiro jamais compreenderá a liberdade que o offline nos proporciona. 

Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube

01
Out19

Passatempo ara

1bota.jpg

Como sabem os meus pés são fãs absolutos desta grande marca alemã. Porquê? Porque conjuga o conforto e o estilo a uma qualidade irrepreensível. Por mim fazia o inverno com estas  sandálias porque o meu pé direito, depois da cirurgia ao joanete, perdeu a vergonha e tornou-se um exibicionista. Pudera! Passei anos a escondê-lo (estava um horror como podem rever neste post) por isso, é normal que agora queira olhar para ele dia e noite (ainda me parece um sonho!).

De qualquer forma, como o calor tem os dias contados, vai ter que andar coberto na estação que se segue por isso já lhe arranjei umas companheiras quentes e fofas para se passear no inverno. A nova coleção da ara está fantástica e estas botas com pelo por dentro foram amor à primeira vista! Tenho dois pares iguais para vos oferecer. Cada um no valor de 159,95€. O passatempo está a decorrer AQUI no meu instagram e... é PEGAR OU LARGAR!

2Bota.jpg