Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

19
Out16

Angel Luzinha Fotografia para a Casinha do Botão

No sábado 8 de outubro rumei a Cascais para fotografar o lookbook outono/inverno da Casinha do Botão. Acordei bem cedo e toca de me fazer à estrada porque a melhor hora para fotografar bebés/crianças desta idade é de manhã, quando estão cheios de energia e boa disposição (sim, porque ao meio dia já estão podres de fome e sono!). Só quem anda nestas andanças sabe o trabalho que um shooting destes envolve!

Obrigada Vera Pina por depositar nas minhas mãos este desafio. Entre brincadeiras, traquinices, sorrisos, chuchas e birras (e muitos lanches pelo meio porque a criançada tem sempre fome!!) conseguiu-se o lookbook simples e luminoso que se pretendia. Um lookbook onde as crianças e os coordenados clássicos e delicados brilham por si num cenário clean e acolhedor.

Se têm filhotes pequenos e ainda não conhecem a Casinha do Botão, façam o favor de visitar a loja em Campo de Ourique (na Rua Correia Teles n.º 2A) ou espreitar à respetiva página do facebook porque vão ficar babadas com esta marca portuguesa onde a qualidade e os detalhes amorosos saltam à vista em cada peça.

Aqui ficam as fotos e aqui vai um beijinho mega especial para estes pestinhas lindos (dão uma trabalheira dos diabos mas são o melhor do mundo!) 


































Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

18
Out16

No Pomar Pedagógico

No sábado estivemos na inauguração do primeiro Pomar Pedagógico Interativo de Portugal, um projeto que ganhou vida através da união do Centro de Frutologia Compal e da Quinta Pedagógica dos Olivais, com o intuito de levar crianças, pais e professores a aproveitar a natureza enquanto conhecem as 38 variedades de árvores de fruto (desde as tradicionais macieiras, pereiras e figueiras a espécies mais exóticas como o araçazeiro, a anoneira, o sapote branco ou a pitangueira) que povoam este Pomar em pleno coração de Lisboa


Graças às várias atividades pedagógicas e à informação disponível, os mais novos descobrem o que é um fruticultor, quais os melhores meses para comer a fruta de acordo com a sua época específica e que frutas certificadas são produzidas em Portugal e em que regiões. Todos os conteúdos foram desenvolvidos com o apoio da Associação Portuguesa dos NutricionistasE porque estamos no século XXI, nada como aliar o ar livre à tecnologia, ou seja, basta ligar o Bluetooth do telemóvel para aceder a conteúdos interativos que podem ser descarregados para que a ligação ao pomar continue em casa ou na escola.


O jogo da fruta, quem acerta?



E agora toca a apurar o paladar para descobrir quais as frutas que compõem cada néctar Compal ;-)


Rafaela: Camisa La Redoute
Leggings C&A
Colar Terços da Lupinha
Carneiras Reguila


Em suma, foi uma manhã muuuuito bem passada em plena Quinta Pedagógica dos Olivais onde uma pessoa até se esquece que está em Lisboa! Escusado será dizer que a nossa Fada, depois de visitar o pomar, ainda foi mimar os seus amigos bichos. As entradas são gratuitas, por isso, aqui fica a sugestão para quem gosta de fazer programas tranquilos em família, longe do rebuliço cosmopolita ;-)

FOTOS cedidas pela Compal

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

14
Out16

Look do dia #28

Entrar no Lidl só para comprar pão e iogurtes (porque falta sempre qualquer coisa numa casa de família!) e sair de lá com esta sweatshirt tão cool e tão mágica que é a cara da nossa miúda! O look perfeito para os dias de ginástica ou para brincar à vontade no fim de semana. Pena não haver para adulto porque aqui a mamã adorava ter uma igual ;-)

Sweat shirt: Lidl
Leggings: C&A
Saco: Levi's da Atelier des Enfants
Ténis: Converse All Star
Colar: Terços da Lupinha (acabado de estrear!)













Outros looks que adoramos AQUI no blog

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

BOM FIM DE SEMANA 

13
Out16

Com a Vichy e a Fátima Lopes em prol do Slow Movement

Quando vou trabalhar agarro nos ténis e nas calças mais velhas porque passo a vida de rastos a fotografar os meus pestinhas mais queridos, mas ontem, tirei a farda e pude andar à paisana porque o momento ia ser só para nós, mulheres que passamos a vida a dividir-nos (e a multiplicar-nos!!) entre família, trabalho e agendas sobrecarregadas que não deixam grande margem para cuidarmos de nós.

Obrigada Vichy e Fátima Lopes pelo convite. Foi um prazer estar presente nesta edição especial do programa "A tarde é sua" dedicado ao lançamento do cuidado de rosto Slow Âge da Vichy e ao Slow Movement e Slow Aging um movimento/estilo de vida com o qual me identifico a 100%. A idade não perdoa mas envelhecer com qualidade está nas nossas mãos. Não é preciso ser rico, é preciso é ter força de vontade para parar, refletir e mudar hábitos e rotinas que nos desgastam e prejudicam diariamente. Parece fácil mas não é! Falo por mim que pratico um estilo de vida saudável desde criança (sempre fiz desporto, sempre tive cuidado com o sol e com a alimentação) mas todos os dias faço das tripas coração para ir ao ginásio, fazer a minha caminhada matinal pela mata ou comer a horas decentes porque o dia só tem 24 horas e a minha agenda até me dá palpitações!

"Eu sou a prioridade da minha vida", foi com estas sábias palavras que Fátima Lopes abriu o debate. À primeira vista pode soar a egocentrismo/egoísmo mas a verdade é que se não estivermos bem connosco, jamais conseguiremos dar o nosso melhor em casa e no trabalho. Temos que saber desligar, parar, tirar aqueles minutos só para nós e para o que nos recarrega a alma. Dar aquela caminhada de meia hora, contemplar a natureza, saborear os momentos de silêncio, meditar,  parar de olhar para o telemóvel enquanto comemos, chegar a casa e deixar o trabalho no escritório, apostar numa alimentação saudável porque a alimentação reflete-se logo na nossa saúde física e mental. Em suma, procurar levar uma vida o mais saudável possível no meio do caos que nos rodeia. Não é fácil, mas é possível, acreditem ;-)



Slow Âge é um fluido fresco e cremoso, untuoso, com um acabamento aveludado e uma fragrância floral deliciosa! É primeiro cuidado corretor diário da Vichy que atua nos sinais de envelhecimento em formação: desde a discromia a manchas acastanhadas, desde marcas de volume à perda de preenchimento. A pele fica hidratada, protegida, preenchida e luminosa dias após dia (PVP 32€). O FPS 25 dá um jeitão (falo por mim que não saio de casa sem proteção solar todo o ano) e também está indicado para peles sensíveis. Hoje de manhã já experimentei e tenho a sensação que vou ficar fã ;-)


O evento contou com a presença da Dra. Ivone Mirpuri (responsável pela Medicina anti-envelhecimento na Clínica Anti-Aging), da Dra. Raquel Tavares (Membro da Direção da ONG Slow Movement Portugal), da Dra. Maria Santana Lopes (nutricionista) e da Dra. Andreia Lança Magarreiro (Marketing Vichy). Um painel top que prendeu a assistência do princípio ao fim com uma série de dicas e conselhos. O  meu aplauso, adorei!







#slowage #slowaging #slowmovement #onelifeliveitwell

FOTOS ©Ricardo Santos/Vichy

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook


12
Out16

Passatempo Compal Essencial Kids


"A ingestão diária de pelo menos três porções de fruta é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), porque a fruta contém vitaminas e minerais insubstituíveis por outros alimentos. Contudo, a realidade nacional é bem diferente, ou seja, 7 em cada 10  crianças portuguesas não comem essa quantidade por dia. O consumo de fruta abaixo destas recomendações provoca carências nutricionais com efeitos muito negativos para a saúde: diminui os níveis de energia, de concentração, de aprendizagem e das defesas do organismo, tornando as crianças mais sujeitas a doenças como a obesidade ou a diabetes tipo 2, logo desde a infância". Estas palavras não são minhas mas podiam ser! Foram retiradas do estudo da Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) que analisou uma amostra de 18 mil crianças, em idade escolar, entre os 2 e os 12 anos, representativa das sete unidades territoriais portuguesas (podem ver as conclusões mais detalhadamente aqui).

Neste sentido, e com o intuito de celebrar antecipadamente o Dia Mundial da Alimentação, Compal Essencial Kids tem 5 lancheiras iguais à da imagem para oferecer às leitoras do blog Angel Luzinha. Nela os vossos filhotes podem levar os potes Compal Essencial Kids (cada pote equivale a uma porção de fruta e só contém frutose, o açúcar natural da fruta), as sandes, a fruta, a garrafa de água e muitas outras coisas saudáveis porque tem imenso espaço e é super prática e resistente. Quem nos segue no instagram já percebeu que a Rafaela nunca larga a dela (escola, praia, campo, jardim, ginásio, dá um jeitão!)

Para se habilitarem a ganhar só têm que:

1.Ser seguidoras (registadas) do blog
2.Gostar da página do blog no facebook
3.Partilhar publicamente este post na vossa página do facebook convidando duas amigas e deixando este comentário na respetiva partilha "Vamos comemorar o Dia Mundial da Alimentação com o Blog Angel Luzinha e Compal Essencial Kids
4.Preencher o formulário abaixo

Nota: O passatempo termina dia 19 de outubro à meia noite e só é válido para Portugal. As cinco vencedoras serão apuradas via random. Boa sorte!

_______________________________________________

E as vencedoras são:
Susana Maria Oliveira Farjado
Paula Alexandra Rocha Fontes
Octavia da Silva Carvalho de Almeida
Mónica Sofia F. Santos Silva
Felicidade Amaral

Fiquem atentas aos vossos emails porque serão contactadas ainda hoje ;-)






10
Out16

Sweet ballerina

O ballet é a grande paixão da Francisca e depois de a conhecer pessoalmente nem a imagino a fazer outra coisa porque ela é a calma e a suavidade em pessoa. Os olhos negros e o ar de Pocahontas escondem uma menina tranquila que se vai descobrindo aos poucos entre conversas e sorrisos tímidos. Sonha com o dia em que lhe seja permitido dançar em pontas mas, enquanto isso não é possível devido à sua tenra idade, vai rodopiando e cantarolando ao ritmo desta paixão que lhe dá asas para voar 
















Daqui a uns anos fazemos uma sessão em pontas querida Francisca! 
Não desistas porque o sonho comanda a vida ;-)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

07
Out16

Campo Maior. Cafés e vinhos de excelência

Foi com este grupo FANTÁSTICO que rumámos, faz hoje oito dias, até Campo Maior para conhecer a majestosa Adega Mayor e o Centro de Ciência do Café. Saímos de Lisboa às 19h30 (apanhámos um trânsito pa-vo-ro-so) e só chegámos ao destino lá para as 22h00 e tal.  Mas assim que chegámos sentimos o corpo a relaxar e a mente a descomprimir porque o Alentejo tem esta particularidade. Jantámos e passámos a noite no Hotel Santa Beatriz e no dia seguinte toca a acordar pela alvorada para conseguir cumprir uma agenda bastante ambiciosa. Regressámos a Lisboa depois de almoço, com aquela cara estilo "Não apetece nada arrancar deste sossego bom!" e com a sensação de que ficou muito por ver e fotografar. Mas foram horas intensas, aproveitámos tudo ao máximo e aprendemos uma série de coisas sobre estes vinhos e cafés de excelência. Aqui fica a reportagem desta press trip pelo Alentejo do meu coração ;-)



Aqui está a imponente Adega Mayor! Foi inaugurada em 2007 e é a aposta do Grupo Nabeiro-Delta Cafés na área vitivinícola. É uma espaço único no panorama português, desenhado pelo arquiteto Siza Vieira, numa homenagem à arquitetura do vinho e da vida.

Para Rui Nabeiro, esta "É uma obra com uma conceção arrojada e diferente do habitual." Acrescenta ainda: "Temos um edifício que vai elevar o património alentejano".


A atual área vitivinícola da Adega Mayor está situada em Campo Maior, Alto Antentejo e insere-se numa herdade com uma área total de 350 hectares, com vinhas plantadas na Herdade das Argamassas e na Herdade da Godinha.

A vindima é feita à mão, permitindo uma melhor seleção da uva no momento da apanha e um maior cuidado com a matéria-prima. Quem é que delirou com a experiência? A Rafaela, pois claro!



A Adega dispõe de moderna tecnologia para a elaboração dos seus vinhos, aplicando as técnicas mais avançadas de enologia, tendo sempre como objetivo a obtenção de vinhos de alta qualidade. Quando entramos ali parece que estamos numa espécie de nave espacial! É absolutamente fascinante ;-)



Siza Vieira reservou o último piso da Adega para a vertente mais social e pública do vinho. Aí foi criada a sala de provas que se abre para este terraço panorâmico com relvado e espelho de água encabeçado por um painel esculpido em mármore, desenhado também pelo arquiteto, onde as silhuetas de uma chávena se café, de um copo de vinho e de uma garrafa se sobrepões. E a vista? É deslumbrante! Do terraço avista-se a vinha e o olival da herdade, a Serra de Portalegre e Espanha.



A minha querida assistente também não resistiu em levar a sua Nikon ;-)



A seguir toca a rumar para a sala de provas onde a mamã se perdeu nos brancos, nos tintos e no belo do queijo (por isso adormeci que nem uma pedra na viagem de regresso ah ah ah!... até porque o cansaço era mais que muito e no dia a seguir, ou seja, no domingo, também ia trabalhar... por isso aproveite a viagem para dormir que bem preciso!)




"São as paixões que nos movem. Quando criamos qualquer coisa, motiva-nos sempre algo que envolve um largo conjunto de emoções, desejos, pessoas, locais, objetivos... Foi sempre assim e não é diferente no mundo dos vinhos. Com a grande vantagem de que aqui estamos a criar algo que tem também a ver com um local de eleição, onde estamos a tornar real o nosso projeto. Campo Maior, que sempre nos acompanhou, marcará agora pelas suas condições de clima e de solo e pelas castas alentejanas, o caráter e perfil dos nossos vinhos". Palavras do Comendador Rui Nabeiro que deu assim asas a mais um dos seus grandes sonhos


E se passarem por Campo Maior não deixem de visitar também o Centro de Ciência do Café, o projeto que o Comendador Rui Nabeiro criou com o intuito de transmitir o conhecimento sobre as temáticas relacionadas com o café. É um centro moderno que alia conhecimento, divulgação técnico científica, informação, atividades interativas e que pretende divulgar a cultura do café e promover espaços dinâmicos do conhecimento e lazer, estimulando a curiosidade e o desejo de aprender. 


Com o fofinho do Mico, a mascote do Centro que nos recebeu de braços abertos! 


Quem me conhece sabe que não sou consumidora de café. A minha natureza vulcânica não se dá bem com cafeína porque, apesar de ter a tensão super baixa, sou muuuuuito agitada e preciso é de calmantes para abrandar!... mas fiquei parva com as maravilhas que vi e ouvi sobre esta arte! A Rafela só me dizia "Nunca pensei que o café tivesse tanta história!"






Só foi pena não termos tido tempo para ver tudo mais detalhadamente porque este Centro é um mundo! A Rafaela delirou e ainda hoje me diz que quer lá voltar para conseguir examinar com calma todos  os bichos que habitam os cafezais. Impressionante, a sério! Vale a pena ;-)



Na foto abaixo, temos a primeira carrinha que distribuiu café em Portugal! Uma autêntica relíquia ;-)


E por último, não posso deixar de agradecer ao Hotel Santa Beatriz pela forma calorosa e hospitaleira com que nos recebeu. Um hotel sem luxos mas super cosy, luminoso e confortável onde me senti verdadeiramente em casa sobretudo pela simplicidade e simpatia do pessoal (eu sou supeita mas os alentejanos são peritos na arte de bem receber!)


O pequeno almoço é servido no rés do chão e a sala tem uma luz natural deliciosa! 


No andar de cima temos a sala de jantar onde apetece ficar horas na conversa entre um copo de vinho e aqueles pratos caseiros que tanto aprecio ;-)


Em suma, aqui fica um belo programa para fazerem em família num fim de semana/férias longe do caos infernal da cidade. Recomendo! Por mim seguia para lá já hoje... mas tenho que ir arrumar as tralhas porque amanhã é dia de acordar bem cedo para fotografar uma coleção outono inverno linda de morrer! As férias e o descanso vão continuar adiados aqui para os meus lados :-)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

07
Out16

O próximo sucesso da Disney

No 5 de outubro, a Disney reuniu uma série de mães bloggers na Casa do Lago do Pestana Palace para dar a conhecer em primeira mão a sua próxima série de sucesso. Chama-se Elena de Avalor e estreia amanhã (sábado, dia 8) às 10h00 no Disney Channel.

E quem é a Princesa Elena de Avalor, perguntam vocês? É uma adolescente confiante, apaixonada, corajosa e aventureira (sim, porque o tempo das princesas tímidas e medrosas já lá vai!!) que está a aprender a governar o seu reino como princesa herdeira até ter idade para ser rainha. Elena esteve presa durante muitos anos no interior de um amuleto mágico e reteve alguns dos seus poderes. Para além disso, também tem um centro de luz com vários poderes que vai descobrindo com o tempo, incluindo o poder de ver o invisível!

E não digo mais nada porque assim não tem piada! Amanhã às 10h00 os vossos filhotes já podem entrar neste reino mágico e descobrir tudinho ;-)










Foi uma manhã mágica, sem dúvida!

FOTOS © Rui Valido/Disney

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

04
Out16

Uma por todas e todas por uma

Comecei o domingo a stressar com os TPC infindáveis da Rafaela e a praguejar contra o cansaço que se anda a apoderar de mim, mas acabei o dia a relaxar enquanto fotografei este grupo de miúdas que me fez soltar umas boas gargalhadas! Começámos no Miradouro de S. Pedro de Alcântara, passámos pelas ruas típicas do Bairro Alto e terminámos no Príncipe Real. Em comum temos a idade: 40 anos, ou seja, somos todas da bela fornada de 76! Um denominador comum que nos fez recordar uma série de coisas boas de outros tempos. ADOREI conhecer-vos miúdas e registar a amizade que vos une há 20 anos (a vossa cumplicidade é absolutamente deliciosa!).

E eu sou uma sortuda por amar aquilo que faço, chegar a casa de coração cheio e ter a possibilidade de trocar e partilhar emoções com tanta gente boa que se entrega à minha lente 
















Uma por todas e todas por uma!

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

03
Out16

Testados e aprovados: Os Detox da Campotec

O nosso corpo tem uma capacidade de se purificar e limpar incrível. Vários órgãos, como o fígado, o rins e a pele metabolizam diariamente toxinas que têm que eliminar. Essas toxinas provêm, por exemplo, da alimentação, poluentes do ar, cosméticos e medicamentos que se acumulam em diversas partes do corpo fazendo com que este fique menos eficiente e tenha menor capacidade de resposta. Por isso mesmo, em certas alturas da vida temos que dar uma ajuda ao nosso organismo para que o processo de purificação e limpeza se faça da melhor forma.

Quem segue o blog sabe que este verão tive que me envenenar de injeções e comprimidos, primeiro por causa da crise que tive na cervical e depois para sanar a maldita rutura de ligamentos na zona lombar que me imobilizou completamente. Fiquei sem andar, as dores eram terríveis e mesmo com a ajuda do osteopata tive que tomar 9 comprimidos por dia  (durante 6 dias) para combater a inflamação brutal que se apoderou dos ligamentos e músculos em redor. Odeio tomar comprimidos, sou o género de pessoa que prefere optar por soluções mais naturais e saudáveis, mas também não sou fundamentalista e sei que há certos males que só se conseguem debelar com drogas valentes.

Isto para vos dizer que tudo passou (felizmente, nem me quero gabar!) mas no fim sentia-me envenenada e com uma enorme necessidade de limpar o organismo, por  isso mesmo, nem pensei duas vezes quando a Campotec me desafiou a testar os seus Detox.

Confesso que não sou consumidora habitual de Detox porque pratico desporto, tenho uma alimentação super saudável e uma tendência genética enorme para emagrecer, ou seja, tenho um metabolismo muito acelerado e quando ando mais stressada tenho que reforçar a minha alimentação para não ficar pele e osso (e por isso é que pratico musculação porque é o único desporto que consegue dar-me mais volume!).

Mas nesta fase da minha vida este desafio da Campotec encaixou-se perfeitamente nas minhas necessidades de purificação e devo dizer-vos que ADOREI! Estas embalagens são constituídas por ingredientes naturais já cortados e lavados, nas porções de 170 e 260 gramas, não contêm conservantes, nem adição de açúcar e mantêm as propriedades naturais e nutritivas de cada ingrediente. Quem quiser, pode adicionar outros elementos aos preparados, como por exemplo sementes e erras aromáticas.



A Campotec desenvolveu quatro embalagens com sabores distintos:

- Super Green (o meu preferido!) onde sobressai a couve Kale, um legume rico em fibra e que reduz a inflamação;

- Slim Green, que contém pedaços de abacaxi, uma fruta com a enzima bromelina que auxilia na digestão e no inchaço, que consequentemente irá combater a retenção de líquidos;

- Power Green, que contém gengibre, um alimento termogénico que auxilia na digestão e na eliminação de toxinas;

- New beet, que inclui a beterraba cujas propriedades são substancialmente antioxidantes e ajudam a manter um bom funcionamento do intestino (neste optei por incluir uma pitada de canela para travar aquele sabor a terra da beterrada que não me agrada particularmente!)


Basta abrir a embalagem, colocar o conteúdo na liquidificadora , acrescentar entre 150 a 250 ml de água e já está!


Os preparados da Campotec estão à venda no Pingo Doce, Continente e Intermarché por apenas 1,19€. Por aqui estão todos testados e aprovadíssimos ;-)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Pág. 2/2