Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Paula Veiga Claro

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe

Mega Passatempo Lutsine... e os vencedores são...

30.09.14, Paula Veiga Claro
 Nadine Miriam Matos Mendes (95)
 Maria Júlia Carmo (177)
♥ Paulinha Godinho Valente Fernandes (46)
♥ Maria de Fátima Fonseca (51)
♥ Liliana Sofia Martins (138)
♥ Cláudia Patrícia Castanheira Costa (134)
♥ Manuel António Pereira (99)
♥ Fátima Zulmira Casais (180)
♥ Carla Maria Ferreira (73)
♥ Ana Maria Pombo (210)
♥ Ana Isabel de Aguiar Bravo Passinhas (36)
♥ Sónia Cristina Lino (55)
♥ Sandra Maria da Rocha Babo (38)
♥ Sofia Alexandra Rodrigues (107)
♥ Joana Sofia Almeida e Santos (166)
♥ Maria Isilda da Cunha e Sousa Moreira (202)
♥ Ana Maria Martinho (143)
♥ Sílvia Joana Marques Ávila (28)
♥ Cátia Marisa Rebelo de Carvalho Teixeira (72)
♥ Sandra Carla da Silva Santos (30)
♥ Patrícia Carla Viegas Madeira (56)
♥ Carina Alexandra Pacheco da Cruz (44)
♥ Ana Marília Almeida Oliveira Farinha Marques (76)
♥ Ana Rute Miranda (215)
♥ Marlene Joana Mendes Barbosa (211)
♥ Vanessa Sofia Medeiros Ferreira (97)
♥ Ângela Cristina Duarte Fernandes (42)
♥ Cátia Margarida Dias da Silva (136)
♥ Eulália Maria Queirós Gonçalves da Cunha (16)
♥ Patrícia Pacheco Dias (69)

Parabéns a todos! Os packs Lutsine já são vossos! Tenho a certeza que vão adorar ;-)

Entretanto, dada a dimensão deste passatempo, optei por publicar a tabela de participações e os números que o random ditou na respetiva página do blog no facebook. Está tudo aqui.

Para me facilitarem a vida, peço-vos também que enviem as vossas moradas para o meu e-mail: paula.veiga.claro@gmail.com. Vão ser contactados esta semana mas assim já começo a adiantar trabalho para a Lutsine proceder ao envio. Thanks!

Casa, praia, campo e trabalho

29.09.14, Paula Veiga Claro
Mais um fim de semana onde houve tempo para (quase) tudo. No sábado acordámos ao sabor da preguiça (nós, porque o papá às 8h00 já estava a surfar!) e ali ficámos no conforto dos lençóis entre mimos e brincadeira como ela gosta. Lá fora chovia a potes (e o nosso homem algures no mar... ganda maluco! nem que me pagassem!) por isso tivemos que trocar os passeios de bicicleta pelo aconchego da casa. Reviu a Maléfica deitada no sofá (o melhor filme dos últimos tempos! já é fã da Angelina! aquela mulher é mesmo um espetáculo!) enquanto eu tratei das tarefas domésticas que não têm fim numa casa de família.

Entretanto, chegou o papá (gelado mas feliz! quem lhe tira o mar tira-lhe tudo!) e rumámos os quatro (Amélie incluída) até à Praia Grande para assistir ao Campeonato do Mundo de Bobyboard. O nosso homem do mar nunca perde esta prova e nós fazemos-lhe companhia. E o calor que estava? Em Lisboa estava um dia miserável mas por ali era verão à séria. Só sei que saí de casa de botas e jeans mas cheguei de calções e ténis (ando sempre com o equipamento do ginásio no carro, foi o que me safou!). Ia-me dando uma coisinha má com aqueles 27º carregados de humidade, parece que estávamos nos trópicos!





Rafaela: Túnica Massimo Dutti / calças Zippy / relógio Tuc Tuc


O domingo foi de trabalho mas ainda consegui aproveitar a manhã para dar toda a atenção do mundo à pequena cria. Jogámos à bola, andou de bicicleta e apanhou uma série de folhas para fazer os seus projetos (palavras dela!). Sempre gostou de fazer colagens e guardar flores entre as páginas dos cadernos. À tarde fui fotografar duas famílias e ela ficou com o papá. Cheguei a casa à hora de jantar. Estavam os dois cheios de energia... e eu a precisar de pilhas novas depois da estafa que a pequena Mariana me deu. Quando a fotografei pela primeira vez era bebé, na segunda já dava uns passos e agora não pára quieta um segundo... ela a mana, duas miúdas que adoro rever e fotografar. Dão-me uma estafa dos diabos mas são um desafio fantástico. 

"Então e tu Rafaela, o que é que fizeste a tarde toda com o papá?" 

"Fiz os trabalhos de casa, dormimos a sesta, jogámos computador e a seguir fui fazer os meus projetos! Gostas? Ficaram mesmo giros, não ficaram?"

"Ehhhh lá, isso é que foi uma tarde produtiva! Gosto pois! Os teus projetos são sempre o máximo!"



AngelLuzinha

Ser mãe é #30

26.09.14, Paula Veiga Claro
Deitou-se exausta. Depois de um dia de aulas (que terminou no pavilhão com ginástica) ainda trouxe uma catrefada de trabalhos de casa. Vinha esgotada. "Mamãzinha, vamos já para casa! Doí-me a cabeça e estou cheia de sono! Quem me dera ser um cão para dormir o dia todo como a Amélie!".

Chegámos a casa e dei-lhe banho. A dor de cabeça passou-lhe e aninhou-se ao pé de mim no sofá. Queria jogar às cartas mas teve que trocar o sofá pela cadeira porque os TPC não se fazem sozinhos. Sentei-me ao pé dela e foi graças aos meus "beijinhos de energia" que conseguiu chegar ao fim da página. Chorou, apagou, praguejou e tornou a apagar. Ao sono juntou-se a fome... foi complicado... muito complicado... ao fim de uma hora (com muitos beijos de incentivo à mistura) lá conseguiu preencher a página de "is" e de "us" maiúsculos e minúsculos. 

No fim, restaram apenas quinze minutos para jogarmos às cartas antes de jantar. Das 17h00 às 20h00 é um tiro. Chorou novamente. Continua a dizer que agora já não tem tempo para brincar e estar comigo no miminho. Eu também sinto isso mas não lhe posso dizer porque tenho que lhe dar força. A vida é assim. Todas as crianças passam por isto. É por estas e por outras que só a coloquei este ano no 1º Ciclo, mesmo sabendo que podia ter entrado o ano passado (porque nasceu em dezembro). Tem imensa maturidade, quem a ouve falar dá-lhe mais idade (a sua filha parece uma mulherzinha, diz a professora e a auxiliar) mas é uma criança. Eu e o papá sempre quisemos que ela aproveitasse a fase de bebé e de menina pequenina ao máximo. 

Essa fase já lá vai. Agora, de um momento para o outro, começou a sentir o peso dos horários e das primeiras responsabilidades. Para além disso, como é muito perfecionista (tem a quem sair!) leva tudo muito a sério e sofre com coisas que nem têm importância. Está a crescer... o crescimento envolve muitas emoções mas só os anos nos dão a capacidade de as gerir. 


Ser mãe é dar-lhe colo agora e sempre...
porque o colo de uma mãe tem sempre poderes especiais 

AngelLuzinha

Avós e neta. Uma sessão cheia de ternura.

25.09.14, Paula Veiga Claro
A Ana contactou-me em Abril para fotografar o batizado da doce Carminho. Infelizmente não pude registar esse grande momento porque já tinha outro trabalho marcado para o mesmo dia. De qualquer forma, ficou o desejo de me contactar numa próxima oportunidade... e assim foi! A sua mãe fez anos e a Ana ofereceu-lhe um voucher para fazer uma sessão fotográfica com a neta. Um presente que fez as delicias destes avós tão queridos e babados que adorei conhecer. Uma família que transpira felicidade, serenidade e boa disposição. 
 
Obrigada Ana por me autorizar a partilhar alguns destes momentos de ternura aqui no blog. Tudo de bom é o que vos desejo! Aqui vai um beijinho voador para a Carminho que não se aguenta de querida e bem disposta 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Angel Luzinha Fotografia
Contactos e serviços aqui no blog
 

Pág. 1/6