Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Visitas inesperadas e indesejadas

23.10.12 | Paula Veiga Claro
Desengane-se quem pensa que as crianças que andam em escolas ou colégios privados não apanham piolhos!... desengane-se quem pensa que lá por se lavar o cabelo todos os dias não se apanha bicharada!... ahhh pois, aqui está o exemplo! os piolhos chegaram à minha casa e eu nem queria acreditar... fiquei doida! só sei que ia gastando as mãos com tanta esfrega e desinfecção porque sou uma pessoa altamente enojada e com a paranóia das limpezas... não se riam! para mim foi um stress! tudo começou na sexta feira passada quando reparei, após a banhoca, que a Rafaela tinha umas coisinhas brancas no cabelo. Fiquei preocupada e de antenas no ar porque nunca tinha visto nada semelhante. Mas que raio será isto?... até comentei com o meu marido que ela tinha uma estranha forma de caspa no cabelo, coisa que nunca tinha acontecido. Cheguei a pensar que poderiam ser lêndeas mas ela não tinha comichões e não lhe encontrei mais nada. 

No sábado de manhã, após a natação e depois da banhoca, percebi que as tais coisinhas brancas continuavam e fiz-lhe uma nova vistoria porque comecei a ficar paranóica. Tadinha, ela já suspirava!.... não encontrei mais nada e ela continuava sem qualquer outro tipo de sintomas... mas o coração de uma mãe nunca se engana e resolvi ir à net pesquisar sobre lêndeas e piolhos. Dei de caras com este artigo do site da MD Saúde (que vos aconselho a ler) e fiquei totalmente esclarecida... fiquei a olhar para as imagens de olhos esbugalhados e rapidamente percebi que as tais coisinhas brancas eram lêndeas e não uma forma estranha de caspa! BOLAS! que nojo! eu nem queria acreditar!... a minha rica filha com lêndeas naquele cabelo lindo e sempre tão lavado! que nojo! vamos já tratar disso! anda cá Rafaela, essas coisinhas brancas são ovinhos por isso se há ovinhos é porque há piolhos. Procurei, procurei e nada.... só sei que eu já me coçava por todo o lado e o papá também! bolas que nojeira!... fomos almoçar e foi então que ela se coçou. Eu olhei e disse " Pára, não te mexas!" e foi assim que encontrei o primeiro maldito piolho. Que coisinha asquerosa! nunca tinha lidado com estes bichos mas garanto-vos que são danados pois metem-se pelos cabelos e só morrem se os esborracharmos com as unhas. Já nem consegui acabar de almoçar de tão enojada que estava e agarrei-me de novo à net para encontrar uma produto para exterminar estas visitas indesejadas. Depois de muito ler, descobri o Itax da Ducray que me pareceu ser perfeito porque não contém insecticida químico, nem perfume e é perfeitamente tolerado para as crianças a partir dos 3 anos... e ainda trás um pente especifico e uma lupa!! voámos até à farmácia de serviço e toca de pulverizar a cabeça da Rafaela que ficou de molho durante o tempo recomendado. A bicharada começou a morrer instantaneamente e até dava para ver os cadáveres dos piolhos a virem ao de cima... que nojo! tão bem escondidos que os malditos estavam... a Rafaela diz que é a Fada dos Animais e no inicio ainda achou que era um crime matar os piolhos porque "eles são tão queridos e pequeninos mamã!".

Por amor da Santa!! esta miúda não existe! mas a mamã é um monstro implacável (como já vos contei aqui) e rapidamente meteu naquela cabecinha que estes bichos têm que ser exterminados para o bem de todos. Ela compreendeu, aceitou e colaborou da melhor forma. E ainda me fartei de rir quando ela exclamou "mas são todos pretos! onde é que estão as piolhas fêmeas?".... "Ohhh Rafaela, sei lá! os piolhos são todos iguais! não me digas que estavas à espera de encontrar piolhas cor de rosa??"

Acabámos as duas a rir e a matança foi a 100%. E, pela via das dúvidas, o papá e a mamã fizeram o mesmo tratamento. Já fomos devidamente desparasitados e daqui a sete dias repetimos a coisa como mandam as instruções. Mudei outra vez as camas, lavei almofadas e esfreguei e esfreguei (já via piolhos por todo o lado!) e enfiei as escovas e os quinhentos mil acessórios para o cabelo em água a ferver e outros em álcool. Buffff..... uma trabalheira.... e no domingo liguei logo à educadora e na segunda o alerta foi dado, até porque mais pais se queixaram do mesmo. Agora só espero que todos tenham os mesmos cuidados pois basta uma criança continuar com piolhos para contaminar as outras novamente. Ter piolhos não é uma vergonha! é uma parasita como tantas outras... uma vergonha é não os atacar devidamente com tanta coisa 100% eficaz que temos ao dispor.

A educadora informou-me ainda que para as crianças com menos de dois anos recomenda-se o Paranix Sensitive. Aqui fica a dica, caso se deparem com estas visitas indesejadas pois ao que parece anda por aí uma vaga desta bicharada... e acho que nunca mais me vou referir à minha filha como a minha piolha! onde é que já se viu chamar a uma princesa linda uma coisa tão feia!!... bleccc que nojo... são detestáveis :-/


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

8 comentários

Comentar post