Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Um programa just girls!

19.12.12 | Paula Veiga Claro
Confesso que não tenho grande saudade dos tempos de bebé da minha Rafaela apesar de sentir uma ponta de nostalgia quando vejo as fotos de há cinco anos. Mas é apenas isso, uma ligeira nostalgia que passa num instante. Gostava de a voltar a ver bebé só por uns segundos, dar-lhe de mamar, sentir o seu corpo minúsculo e rechonchudo junto ao meu... mas bastavam uns segundos, nada mais. Prefiro esta fase em que ela já é uma "mini senhora" e me faz uma companhia absolutamente extraordinária (a melhor do mundo, a minha preferida!). Se nascessem já com 3 ou 4 anos para mim seria perfeito! é tão bom ir com ela para todo o lado e fazer programas de gente grande! antes também ia mas não era a mesma coisa. Antes tinha que contar com o stress das rotinas certinhas, das birras do sono, das fraldas, chuchas, biberons e toda a parafernália que um bebé arrasta consigo... para já não falar no meu próprio stress que era imenso (hoje já estou mais controlada) apesar de continuar a ser uma mãe demasiado preocupada com tudo e mais alguma coisa, mesmo quando não há qualquer motivo para isso. Desgasto-me e o meu perfeccionismo também não ajuda. Felizmente já começo a conseguir relaxar mas sempre com um olho no burro e outro no cigano porque a bicharoca está crescidinha mas ainda não é de confiança... ahhh pois, nunca se sabe quando lhe dá para asneirar. Sempre sonhei ser mãe de uma menina (como já vos tinha dito aqui) e a Rafaela é a filha com que sempre sonhei. A cumplicidade entre nós é total e deliciosa. Adoro a sua companhia, tudo nela me fascina. É óbvio que também tem a capacidade de me deixar de nervos à flor da pele mas isso faz parte e também tem o seu encanto. Hoje fizemos mais um programa just girls. Only me and her... fantástico! às 15h10 estávamos as duas, ou melhor, as três, sentadas lado a lado no cinema. Eu, ela e a Bonequinha Suki. Desta vez o bebé ficou em casa a dormir. Muito gosta a minha pequena cria de andar sempre com um bonequinho debaixo do braço, é delicioso. 

Delicioso foi também o novo filme da Fada Sininho! que mundo fantástico, quem me dera ter asas para voar... adorámos!


Num programa just girls não pode faltar uma boa dose de histeria e foi isso que aconteceu quando, ao sairmos do cinema, a madame resolve largar-me a mão assim que avistou a Accessorize (é doida por tudo o que é loja desde género!). Entrou porta adentro (eu até me benzi!) e depois de muito revolver agarrou-se com unhas e dentes a um pack varinha e tiara. E quem é que a calava? eu bem lhe expliquei que para a semana vai ter um monte de prendas porque vem lá o Natal e o dia de aniversário... mas isso serviu-lhe de consolo? nem pensar! tive que a arrastar loja fora e veio agarrada às minhas pernas num pranto de meter dó. Enfim... acabei por voltar atrás... já não a podia ouvir e este meu coração de manteiga é a minha ruína. Lá trouxe a grinalda para casa... lá veio ela toda feliz de saco na mão.

E o que eu me ri quando, ao pagar as portagens da A5, ela exclama na maior inocência "sempre que passamos por aqui tens que pagar! tens que estar sempre a dar dinheiro mas também te dão muito!". Já viram isto, ando sempre a receber dinheiro e não queria comprar a tiara à pequena cria!!! tadinha, eu bem lhe explico mas a sua cabecinha ainda não consegue perceber que todas aquelas moedas são o troco... ela acha que me estão sempre a dar dinheiro.. era bom, era bom!


My love, my light, my life 


6 comentários

Comentar post