Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe.

Qua | 29.11.17

Ser mãe é #37

Paula Veiga Claro

Na semana passada, uma amiga minha deixou-me esta mensagem no facebook: "Quando é que dormes rapariga?! Tenho lido os teus posts e das duas uma, ou tens pilhas daquela marca começada por D ou consegues descansar de olhos abertos!"

NÃO, não tenho pilhas duracell nem descanso de olhos abertos! Sou uma pessoa bastante enérgica (não consigo estar parada, lá isso é verdade!) mas o facto de ter uma profissão que adoro e ser mega organizada ajuda muito. Não tenho família por perto, nem empregadas, trabalho por conta própria e os meus dias têm mesmo que ser cronometrados, caso contrário, não dou conta do recado. Para além disso, não bebo café nem estimulantes porque sou elétrica por natureza e acordo sempre com vontade de fazer acontecer. Deixo a Rafaela na escola, abro a agenda e mergulho de cabeça no trabalho enquanto os bichos carpinteiros que vivem dentro de mim me atropelam com mais ideias e projetos. Em suma, vou-me dividindo e multiplicando entre o reboliço da vida e esta cabeça que não pára. E o tempo voa enquanto esboço um suspiro e lamento não ter nascido com vidas extra para dar corpo aos sonhos que crescem dentro de mim como ervas daninhas (sim, porque os sonhos semeiam-me com amor mas só crescem com tempo).

Enfim... se um dia inventarem um botão para desligar o cérebro, aqui estou eu para o testar!! Porquê? Porque a loucura da vida somada a este borbulhar constante de ideias, resulta numa canseira que não se aguenta! E assim ando eu. Cansada, para não dizer exausta! É como se tivesse muitos fogos para apagar e já não soubesse para onde me virar. Paro. Respiro. Foco o essencial, desfoco o supérfluo e resolvo tirar o próximo fim de semana de folga porque desde dia 1 de novembro que trabalho de segunda a domingo e tenho a agenda cheia até 17 de dezembro (feriados incluídos). Quem trabalha por conta própria sabe como é. Uma pessoa tem picos de trabalho brutais e tem que os agarrar porque o próximo mês é sempre uma incógnita. De qualquer forma, revirei a agenda e reestruturei a minha vida de forma a poder descansar no próximo fim de semana. Dois dias para descomprimir, organizar a casa e vadiar pelo campo até ao último raio de Sol (maravilha!)... tudo parecia perfeito até ela chegar ontem da escola com as datas dos próximos testes. Segunda de Português, quarta de Inglês e quinta de Estudo do Meio. POW! Ninguém merece :(

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

5 comentários

Comentar post