Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Made in Portugal: Petite Numi

20.09.12 | Paula Veiga Claro

Descobri a Petite Numi da Dora Richter numa das minhas pesquisas pela blogosfera. O seublog chamou-me a atenção e depois fiquei rendida à sua página no facebook. A Dora é portuguesa, vive quase há 13 anos na Alemanha, é mãe a tempo inteiro e as suas mãos criam um universo de ternura povoado de bonecas e coisas fofinhas. As saudades da família e do país que ama são uma constante mas a vontade em descobrir uma prenda original para o primeiro aniversário da filhota fizeram-na arregaçar as mangas e dar largas à criatividade. E com força, empenho, dedicação e muito amor surgiu a Petite Numi que já conta com clientes em vários cantinhos do mundo.

Como e quando tudo começou?
Tudo isto comecou com a procura de um presentepara o primeiro aniversário da minha filha. Queria algo diferente e original. Comeceipor investigar na internet bonecas feitas à mão e fui descobrindo o mundo do artesanato que realmente me encantou. Fui descobrindo cada vez mais Blogs epáginas interessantes até que, comecei por comprar feltro e fazer bolsinhas.Muito rapidamente comprei uma máquina de costura e passei a trabalharcom  tecidos. Fui aprendendo sózinha e com a ajuda do youtube (sorrisos).Lembro-me que para enfiar a linha na máquina precisei precisamente de 2 horascom a ajuda do marido (sorrisos). Desde então nunca mais parei!

Porquê o nome Petite Numi?
Eu queria um nome um pouco internacional, não me queria direcionar especialmente à Alemanha nem a Portugal. "NUMI" porque são as iniciais dosnomes dos meus filhos, Nu para Nuna e MI para Miguel, o "Petite"achei que ficava bem, optei por uma palavra francesa que toda a gente conhece!

Tem mais clientes portuguesas ou alemãs?
Tenho clientes de toda a parte do mundo! Porisso tento sempre postar em inglês, português e alemão e essencialmente ter acapacidade de perceber o que cada país ou cultura procura.

Sendo mãe a tempo inteiro como gere os seus dias de forma a conseguirresponder ao apelo da clientela crescente?
Não é de todo fácil visto a Nuna ainda estarcomigo a tempo inteiro, na próxima semana faz 3 anos e já irá entrarno infantário. Sendo assim, tenho pelo menos as manhãs para organizar a casa ese der tempo ainda fazer uns trabalhinhos. A partir do meio dia tenho ascriancas novamente comigo e só consigo voltar a tratar de encomendas ànoite quando já dormem.

Como é estar longe do seu país de origem? sente alguma dificuldade emparticular?
Vim para a Alemanha em dezembro de 1999 porqueconheci um alemão em Portugal (sorrisos). Estar longe do meu país significa estar longe daminha família, das minhas raízes, do estilo de vida que eu amo, do meumundo que não existe igual em parte nenhuma do planeta.É uma dor que nunca irá passar.

Ao ver as suas peças dá para perceber que a Dora é fã do estilo vintage. É aí que vai beber grandeparte da sua inspiração?
Na verdade eu gosto de váriosestilos! Novas ideias vão surgindo, muitas vezes com um simplesmaterial, um botão um tecido, e claro, os meus filhos são a minha maior inspiração.

Troca ideias com outras mães e artesãs?
Não troco ideias com outras mães ou artesãs noverdadeiro sentido da palavra, mas tento estar atenta ao que as mães procuram,do que gostam através de outros blogs e páginas no facebook.

Posso afirmar que a Petite Numi é para si uma espécie de terceiro filho,certo?
A Petite Numi comecou por ser um hobby que cadavez  exige mais de mim, mas tento nao por "isto tudo" à frenteda minha família.

Qual é a peça mais procurada pelas suas clientes?
De tudo um pouco. No momento as bonecas vintagee os colares de âmbar são muito procurados pelos portugueses, os organizadoresde ganchos de cabelo, caixinhas musicais, os prende chuchas, bolsas paraiPhone e iPad são procurados pelos alemães. As bonecas feitas à mão,principalmente o Capuchinho Vermelho é procurado pelos australianos e ingleses.

Já percebi que o universo infantil a fascina. Pensa estender amarca a outras áreas?
Adoro o mundo infantil e penso que não meafastarei muito desta área.

As vendas são feitas exclusivamente online ou também dispõe de umespaço físico?
Apenas online, não disponho deespaco físico.

Como imagina a Petine Numi a médio/longo prazo?
Para já nao tenho pensado muito no assunto pelafalta de tempo. Já me tâm surgido propostas fantásticas de marcas conhecidas, talvez agora, que não tenho os miúdos de manhã, começarei a pensar em novosprojetos.

Que mensagem gostaria de deixar às leitoras do Blog Angel Luzinha?
Às leitoras que ainda não conhecem a PetiteNumi, visitem a minha página e às que já conhecem obrigada por fazerem partedeste meu mundo.

E da minha parte só me resta desejar-lhe tudo de bom porque a Dora é, com toda a certeza, uma fonte de inspiração para muitas outras mães e mulheres. Para informações, preços e encomendas basta visitarem o seu blog aqui ou a página no facebook aqui