Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Made in Portugal: Maria Mariquitas

06.09.12 | Paula Veiga Claro

Gostam de decoração? gostam de eternizar os bons momentos da vida? então vão adorar o trabalho absolutamente maravilhoso da Joana Veiga, a grande mentora da Maria Mariquitas. Eu fiquei absolutamente deslumbrada quando os meus olhos descobriram o seu blog e facebook. A minha alma poética ficou extasiada com a doçura e perfeição de cada um dos seus quadros. Vamos conhecer melhor o que está por detrás deste talento.

A Maria Mariquitas começou com uma aposta feita à mesa de jantar, certo? Que aposta foi essa?
Sim, realmente a Maria Mariquitas nasceu de uma aposta. Quando a Leonor nasceu, surgiu a ideia de fazermos algunstrabalhinhos em conjunto com a Francisca (a mais velha), para estarmos juntas e termos algum tempo só para as duas. Os primeiros trabalhos foram em fimo, alguma bijuteria e mais tardeos cadernos e agendas. Criámos um blogue que servia apenas para mostrar à família e aos amigos o resultados das tardes de domingo. A aposta surgiu um dia aojantar, em que eu comento que queria comprar uma máquina de costura. O meumarido achou um gasto completamente desnecessário e eu disse-lhe: "Aposto contigo que compro a máquina de costura, sem gastar dinheiro nenhum doordenado!". Criei o blogue Mariquitas comas fotos dos cadernos que tinha feito para as minhas filhas, primas e amigas.Quatro meses depois, comprei a minha maquina de costura (sorrisos).
Porque é que baptizou a marca com o curioso nome MariaMariquitas?
Resolvi colocar Maria porque era o nome que eu gostava que me tivessem posto e por isso coloquei às minhas duasfilhas. Mariquitas porque éjoaninha em espanhol e o meu primeiro nome é Joana.
Desde quando tem esta paixão por quadros?

A Coleção Amor ao Quadrado surgiu por acaso. Eu tinhade fazer um trabalho para o dia da mãe, para o colégio da Leonor. Pensei fazeruma estatueta em fimo, de uma mãe e filha, mas havia um problema... todos ostrabalhos seriam colocados na parede da sala, daí surgiu a ideia de encaixilhara dita estatueta. No dia que o fiz coloquei uma foto da Nôno com o quadro namão e no mesmo instante a Irina Alves da Casinha da Matilde encomendou-me logo dois! nem me tinha passado pela cabeça comercializar (sorrisos).
Que materiais usa na sua elaboração dos quadros?

Uso fimo que é um tipo decerâmica plástica, tecidos, papel, acetato. Gostava de introduzir as madeirasmas não sei se vou conseguir.
Posso afirmar que por detrás da Maria Mariquitas estás uma alma bastantepoética e sensível? Pergunto isto porque o lema "para quem acha bonita apalavra escrita" chamou-me a atenção porque eu adoro poesia.

Era uma frase que ouvi numa música da Adriana Calcanhoto,acho que de um poema de Ferreira Gullar, que me fez lembrar o quanto eu gostava dever o meu Avô a escrever. Tinha uma caligrafia lindíssima. Ainda hoje revejocom saudades os manuscritos que deixou. Numa era em que a informática dominacompletamente, é bom ver que ainda há muita gente que escreve à mão.

Os seus quadros retratam relações familiares, sobretudo a relaçãomãe/filho(a). Pensa começar a retratar outros momentos da vida, a abordar outrastemáticas?
Até agora tenho retratado imagens familiares. Acho que muitas vezes a nossavida fica presa nalguns momentos muito bons, num abraço, num pegar ao colo, numolhar de cumplicidade e são esses os momentos que pretendo"imortalizar". Mas, como para além da família todos nós temos outros amores,tenho feito algumas profissões, nomeadamente pediatras, tenho ainda encomendadouma professora que me vai dar muito prazer fazer.
Os seus quadros são feitos apenas por encomenda ou podem ser encontrados àvenda em determinados locais?
Os meus quadros são feitos por encomenda e vendidosúnica e exclusivamente por mim no blogue e no facebook, todos os quadrosestão numerados e assinados. O facto de estarem numerados é apenas para ter anoção de quantos farei, uma vez que agendas, álbuns e diários, já lhesperdi a conta!
Que mensagem gostaria de deixar àsleitoras do blog AngelLuzinha?

Comogrande parte das leitoras do blog AngelLuzinha são mães, a mensagem que deixoé uma frase de Epicuro: "Faz tudo como se alguém te contemplasse", isto porque acho que é a observar que os nossos filhos aprendem. Foium prazer enorme responder às suas perguntas, muito obrigada mesmo! (sorrisos).

E para mim é uma honra ter uma artesã assim aqui no meu cantinho cor de rosa. Confesso que esta rubrica me dá uma trabalheira dos diabos mas o prazer que tenho em divulgar os talentos nacionais supera tudo para já não falar nas pessoas extraordinárias que vou conhecendo. Agradeço desde já a disponibilidade da Joana e desejo-lhe as maiores felicidades a nível pessoal e profissional. Bendito seja o dia em que fez a tal aposta com o seu marido ao jantar porque o resultado está à vista e é de babar. Para mim a parte mais complicada foi selecionar alguns dos seus trabalhos para colocar neste post... o que é comum nesta rubrica onde todas as semanas me vejo "encalhada" no meio de tanta coisa gira. Mas para verem tudinho basta irem ao blogue da Maria Mariquitas aqui ou à página no facebook aqui




5 comentários

Comentar post