Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Férias + Família + Alentejo + Sol = Dias felizes

17.04.17 | Paula Veiga Claro

Hoje regressei ao trabalho e só vos posso dizer que ir de férias sem computador é outra coisa! Passo a vida online, o meu trabalho é maioritariamente online e há momentos em que tenho mesmo que desligar para respirar livremente e recarregar baterias. Prometi a mim mesma que só ia aceder à net pelo telemóvel para dar sinal de vida no instagram e espreitar ao email (porque há sempre pedidos de orçamentos para ontem e quem trabalha por conta própria não se pode dar ao luxo de desligar a 100%). Prometi, cumpri e soube-me lindamente!

Andámos entre Portalegre, Castelo de Vide, Portagem e Valencia del Alcantara. Conjuguei ao máximo os verbos dormir, descansar, passear e comer porque os petiscos da minha mãe continuam a ser os melhores do mundo (a comida das mães tem sempre esta particularidade, é ou não é?). Fico doida com o bacalhau com natas, o peixe assado no forno, o frango guisado com pimentos... tudo de comer e chorar por mais! Que o diga a Rafaela que também adora os pratos da avó e ainda por cima teve luz verde para a ajudar na cozinha. Mexeu o bacalhau, cortou os morangos e a banana, fez a salada de alface e ainda lavou, enxugou e arrumou a loiça (quem a viu em modo fada do lar no instastories???). 

Na terça ainda aproveitámos para dar um pulo à nossa casa de campo para matar saudades, regar o quintal, colher laranjas e adotar mais uns amigos (leia-se caracóis!). Sempre que lá vou fico a pensar como era bom trazer este quintal aqui para Lisboa. Está lá sozinho todo o ano e aqui é que nos dava jeito. Acabavam-se as minhas dores de cabeça com a falta de espaço para as hortas e zoos da Rafaela... isso é que era!



Liberdade é coisa boa!


Boné Ale Hope
Túnica Os Patinhos



No quintal até ao último raio de sol porque ao ar livre somos ainda mais felizes!







E quem nos segue no instagram já viu estas que fui tirando com o telemóvel porque dias assim também convidam a muitos cliques para mais tarde recodar :)


E assim se equilibra a minha vida. Uma metade de mim está cá e a outra lá.
Oscilo entre estes dois mundos que me completam e a saudade anda sempre a reboque 


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

6 comentários

Comentar post