Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

O cenário das Sessões de Natal 2017

12.11.17 | Paula Veiga Claro

Estou encantada com este cenário tão mas tão querido da autoria da Carlota de Lancastre, Diretora do Museu das Crianças. Dei-lhe carta branca para fazer o que quisesse porque já a conheço e sei perfeitamente que nunca me desilude. E assim foi! Ontem, quando cheguei ao Museu para dar início às sessões, soltei um grande WOW quando me deparei com este cantinho mágico que tem feito as delícias de miúdos e graúdos. A modos que é aqui que vou fotografar as vossas famílias até dia 1 de dezembro (ver preços, horários e vagas que restam AQUI). 

Entretanto, antes de arrancar, aproveitei para testar as luzes e fotografar a Rafaela que continua a ser a assistente mais querida do  mundo! Adora ajudar-me e ficou maravilhada com este cenário onde apetece ficar a beber um chá e brincar a tarde toda ;)


Dia 26 de dezembro faz 10 anos e com esta idade já ninguém a mete em vestidos natalícios! Por isso mesmo, o look escolhido foi simples, feminino mas com aquele toque cool que ela adora (tudo do ano passado com exceção do colar).

Colete Girandola
Camisa La Redoute
Saia Zippy
Carneiras Reguila










Um cenário à medida da época mais mágica do ano!
Aqui vos espero nos próximos fins de semana ;)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Cenas queridas que se veem cá em casa #14

10.11.17 | Paula Veiga Claro

No domingo à tarde, enquanto eu estive a trabalhar, ela foi dar uma volta com o seu Xuxu (leia-se pai) até à outra margem. Andaram pela Costa da Caparica junto ao mar e depois foram até à rua principal porque ela a-do-ra ver as bancadas das artesãs que ali vendem uma série de coisas queridas (é menina e basta!). E foi numa dessas bancadas que descobriu este porta chaves minúsculo em crochet que lhe arrebatou o coração.

Assim que cheguei a casa lá veio ela ter comigo para me contar as novidades:

"Sabes mamã? Nem imaginas o que o Xuxu me comprou! Anda cá ver!"

"Mais tralha??? Não me digam que foram comprar mais tralha?? Eu passo a vida a destralhar a casa mas tu arranjas sempre mais qualquer coisa para enfiar no quarto... vamos lá ver o que é que inventaste desta vez!" 

"Vá lá mamã, não sejas rabugenta! Sei que também vais gostar! Fecha lá os olhos para ser surpresa!"

Cheguei ao quarto, abri os olhos e das suas mãozinhas saiu esta bolsinha adorável. A seguir olhou para mim e perguntou com aquele sorriso que me derrete:

"Então, não é linda?!

"Ohhh minha querida! Tinhas razão, é mesmo gira! (respondi derretida e a sentir-me uma palerma por ter sido tão arisca... mas quem é mãe sabe que os miúdos são especialista em acumular tralha e uma pessoa até treme quando nos dizem que trouxeram mais qualquer coisa para casa!).

"Comprámos numa velhota que estava a vender na rua. Estive a conversar com ela e dei-lhe os parabéns porque está mesmo perfeitinha! Até lhe perguntei se não tem pena de vender as coisas queridas que faz mas ela disse-me que tem que ganhar a vida e que também gosta de ver as pessoas usarem as suas peças. Se eu soubesse fazer estas coisas não vendia a ninguém porque tinha pena. Imagina que vão parar às mãos de pessoas que as estragam?!"

"Pois é Rafaela mas as pessoas têm que trabalhar para viver e também ficam felizes por ver as suas peças nas mãos de miúdas queridas como tu. Quando nascemos com talento para uma determinada coisa gostamos de o partilhar. A partilha também nos faz feliz. Agora podes pendurar a carteirinha na asa da tua mala, vai ficar super gira!

"Nem penses mamã! Vai ficar aqui no meu quarto para não se estragar"

A modos que o seu museu ganhou mais uma peça. Não a critico porque eu era igual (por isso é que ela herdou a maior parte dos meus brinquedos porque eu estimava tudo com um carinho do outro mundo!). Por este andar os meus netos vão herdar uma espécie de megastore com as relíquias imaculadas da mãe e da avó!

P.S. Se alguém conhecer a senhora da Costa que faz estas fofuras dei-lhe os meus parabéns :)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Monstros reais #6

09.11.17 | Paula Veiga Claro

Não consigo lidar com o sofrimento, muito menos com o sofrimento de inocentes que vão parar às mãos de gente que nem merece o ar que respira. Fico doente dos nervos com estas coisas (por isso é que vejo cada vez menos televisão e afins). Sinto uma revolta interna que me põe a chorar de raiva e me dá vontade de gritar ao mundo para que governos e autoridades comecem a tomar medidas severas contra estes crimes hediondos. Isto para vos dizer que hoje de manhã, ao abrir o facebook, deparei-me com esta notícia aqui, aqui e aqui que me estragou o dia. A imagem daquele pobre animal não me sai da cabeça :(
 
"Um homem de 47 anos foi detido em Espanha, por matar um cão ao arrastá-lo durante vários quilómetros. O pastor alemão encontrava-se atado com uma corda nas patas traseiras, num automóvel todo-o-terreno. O condutor foi abordado pela Guarda Civil espanhola, quando circulava na estrada A-8201, em Jimena de la Frontera, Cádiz.  De acordo com as autoridades, o animal não tinha 'microchip' e apresentava "um lastimável estado físico". O homem que foi detido, enfrenta agora uma acusação de maus tratos a animais".

Minha Nossa Senhora! Como é que alguém pode amarrar um cão à traseira de um automóvel e começar a circular enquanto o bichinho se desfaz no asfalto? O que é que leva uma pessoa a cometer uma atrocidade destas? O Homem é o único ser vivo que tem a capacidade de se colocar no lugar dos outros (daí o ditado, não faças aos outros aquilo que não gostarias que te fizessem a ti) porque nascemos munidos de inteligência e temos a perfeita noção do sofrimento físico e mental que podemos causar a terceiros através dos nossos atos.

Este demónio já foi detido mas tenho a certeza que o peso da pena nunca será proporcional ao horror que cometeu. Quem me dera ter o poder de me transformar numa heroína de banda desenhada para fazer justiça no mundo real. Adorava encarnar numa espécie de Anjo Vingador para sobrevoar o mundo e banir da face da terra todos aqueles que ousassem atentar contra a vida. O mundo ficaria definitivamente muuuuuito mais leve e feliz.

De qualquer forma, não tenho super poderes mas tenho o blog que chega a milhares de pessoas e não serve apenas para publicar coisas bonitas. Neste espaço também faço questão de partilhar o que me atormenta e apontar o dedo a estes comportamentos aberrantes que merecem ser debelados da nossa sociedade. Não tenham medo de denunciar quem comete estas barbaridades. Não fiquem impávidos e serenos a olhar para o vosso umbigo ou a filmar estas cenas medievais para partilharem nas redes sociais. Nestas situações cada segundo é precioso e a primeira coisa a fazer é AGIR.


E é nestes momentos que me enrosco à nossa raposinha e lhe sussurro como se ela me pudesse entender: "Sabes meu amor, quem te abandonou nem sabe o que perdeu! Só os Homens com H grande são dignos da lealdade que a tua espécie tem para nos oferecer".
 
Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

 

Sessões de Natal 2017

07.11.17 | Paula Veiga Claro

Antes de mais, aqui vão as minhas desculpas por não ter conseguido satisfazer a vossa curiosidade há mais tempo (sim, porque muitas de vocês já estão fartas de me enviar mensagens a pedir detalhes sobre as sessões de Natal) mas nem calculam o rebuliço em que tenho andado! Só esta semana, depois de ter fechado as sessões de Outono e de Halloween é que consegui aterrar no mood natalício (sim, tenho que dar tempo para a alma respirar, consolidar ideias e ganhar balanço para a etapa que se segue!).

De qualquer forma, garanto-vos que a espera valeu a pena porque este ano as minhas sessões vão decorrer no Museu das Crianças, um dos locais mais mágicos de Lisboa onde miúdos e graúdos se sentem em casa porque o espaço e a equipa são mesmo cinco estrelas!  Presumo que a maior parte de vocês já lá tenha estado mas, para quem não sabe, o Museu das Crianças fica mesmo à entrada do Jardim Zoológico (entram no portão principal do Zoo, viram à direita e já está!).

As sessões vão decorrer na sala principal neste cenário de sonho. Aqui ficam todos os detalhes:

Valor: 75€ (valor válido para famílias até 5 membros. Acima deste número acresce 10€ por pessoa)
Duração: 30 minutos
Inclui: 15 fotos em formato jpg editadas e em alta resolução enviadas via We Transfer (para que as possam imprimir no tamanho que desejarem para oferecerem à família e personalizarem os vossos presentes de Natal).
Reservas: Efetuadas mediante pagamento por transferência bancária e envio de comprovativo para o email do costume: paula.veiga.claro@gmail.com 

Datas e horários disponíveis (cada sessão tem a duração de 30 minutos). As que estão assinaladas a encarnado já estão reservadas.

12 de Novembro (domingo): 11h00 / 11h30 / 15h00 / 15h30

19 de Novembro(domingo): 11h00 / 11h30 / 15h00 / 15h30

25 de Novembro(sábado): 15h00 / 15h30

26 de Novembro(domingo): 11h00 / 11h30

Dia 1 de Dezembro (sexta feira): 11h00 / 11h30 / 15h00 / 15h30

NOTA: Uma vez adquirida a sessão, o valor não será reembolsado caso surja um imprevisto que vos impeça de comparecer no dia e hora que reservaram. De qualquer forma, fiquem descansados porque não perdem o dinheiro! Ficam com esse valor em crédito e poderão marcar outro tipo de sessão nos dois meses seguintes (porque as sessões de Natal são limitadas a estas datas para que eu possa ter tempo de editar e entregar-vos tudinho até dia 10 de dezembro).


Entre os melhores de Portugal! Obrigada pela dupla nomeação ♥

06.11.17 | Paula Veiga Claro
Agradecer nunca é demais e este post é mesmo para isso! Porquê? Porque pelo terceiro ano consecutivo fui nomeada nos Pumpkin Awards em duas categorias (Melhor Fotógrafa para Famílias e Melhor Blog para Famílias) e hoje de manhã recebi um email a informar que, pelo terceiro ano consecutivo, também passei à fase final em ambas as categorias! Uáuuu é só o que me ocorre dizer! Muito obrigada a todos os que votaram em mim e que tanto estimam o meu trabalho. Muito obrigada mesmo! Adorava ficar em primeiro lugar (é um sentimento comum a todos os finalistas, como é óbvio!) mas, mesmo que isso não aconteça, já fico super feliz por saber que estou entre os 10 melhores e que esses votos são VOSSOS porque as votações são públicas. 

Os vencedores serão anunciados dia 15 de novembro e até lá podem votar AQUI no vosso preferido. Sei que não tenho jeitinho nenhum para estas cenas de apelar ao voto mas façam lá o favor de deixar o vosso clique, até porque por cada pessoa que participar nos Pumpkin Awards, a instituição vencedora na categoria da Melhor Causa para Famílias e Crianças receberá 5 cêntimos (parece pouco mas basta somarem os milhares de votos para perceberem que do pouco se faz muito!).

Halloween no Museu das Crianças

03.11.17 | Paula Veiga Claro

Juro que é o último post que escrevo sobre o Halloween mas quando se é mãe não há como fugir a esta tradição importada que se entranhou na geração do nosso filhotes. Na escola tiveram um dia dedicado ao Halloween e outro ao tão português Pão por Deus mas a magia do primeiro, pelas razões óbvias, bate todos os records. Os miúdos deliram com este universo fantasmagórico e nós acabamos por entrar no espírito porque ser mãe passa por vibrar com o que os faz feliz. Por isso mesmo, não posso deixar de partilhar convosco a festa de Halloween que decorreu no dia 1 de novembro no Museu das Crianças. Foi incrível, vocês nem calculam (aliás, eu avisei que as vagas iam esgotar num piscar de olhos!).

A festa começou com um desfile no jardim mas não houve vencedores porque os miúdos estavam todos admiravelmente assustadores. A seguir foram recarregar baterias (a decoração e a mesa do lanche estava um sonho, ou melhor, um pesadelo com tudo deliciosamente pensado ao pormenor!) e depois toca a brincar nas diversas salas temáticas do Museu. E eu? Fui registando os momentos e pensando como era bom voltar a ser criança! Aproveitem este post para se inspirarem porque ideias giras é o que não falta por aqui ;)






Nota 20 para esta mesa tão mas tão gira! No fim não restou NADA!!!



















E agora toca a pensar nas sessões de Natal! Muitas de vocês já me perguntaram detalhes mas eu prometo revelar tudinho muito em breve ;)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

A minha Vampira

02.11.17 | Paula Veiga Claro

Vou fotografando os vossos e a minha vai ficando para o fim (em casa de ferreiro espeto de pau, já se sabe!) MAS prometi-lhe que ia arranjar uns minutos para lhe fazer uma sessão e ontem, antes de irmos para a festa de Halloween no Museu das Crianças, rumámos até Monsanto para registar o lado maléfico desta vampira querida (pode fazer as caras de má que quiser mas miúda mais doce não há!).

O vestido foi oferta dos avós que estão longe mas nunca se esqueçam da sua única e adorada neta (chegou pelo correio mas ainda a tempo de o levar à costureira porque estava super comprido) e a maquilhagem foi obra minha. Não tenho muito jeito para estas coisas mas gosto de seguir os tutoriais de maquilhagem da Tania Argent no youtube e foi com ela que aprendi a delinear estas asas de anjo nos olhos (quando meto uma coisa na cabeça tenho que a concretizar nem que leve uma eternidade a lamber livros e tutoriais!). Usei o Ultra Smooth Gel Eye Pencil da Catrice (cor liquid metal) mas estava com receio que um olho ficasse maior que o outro porque aqui o difícil é obter a simetria (sobretudo quando o jeitinho não é muito!). Mas safei-me e saiu perfeito logo à primeira (sorte de principiante, só pode!). Aqui fica o registo para mais tarde recordar ;)








Ainda tentámos tirar algumas com a dentadura mas aqueles dentes são XXL e nem cabem na boca!!


Daqui a uns anos vou gostar tanto mas tanto de recordar estes momentos 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Pág. 2/2