Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Mais um projeto com a minha assinatura

19.06.14 | Paula Veiga Claro
Todos os dias digo a mim mesma que é desta que vou actualizar o portefólio. Mas os dias passam a um ritmo alucinante e há coisas que vão ficando para trás. O tempo não estica, não há milagres! Fotografar, editar, enviar para o cliente, aguardar pela publicação... quando dou por mim já se passou uma eternidade e nem partilhei aqui no blog! Para já não falar nos casos em que os trabalhos são publicados e eu só tenho conhecimento meses mais tarde (enfim, quem trabalha nesta área sabe bem como é!).

Isto para dizer que é com imensa satisfação que vejo uma revista nas bancas com fotos exclusivamente da minha autoria. Foi um prazer fotografar as peças cheias de bom gosto que a Irina Alves desenvolveu para este especial Cozinha. A revista já está! Agora aguardo ansiosa pela publicação do livro (podem ver o making of aqui) que estará nas bancas lá para o final deste ano com a chancela da Chiado Editora. Sei que o orgulho é um dos 7 pecados mortais mas estou orgulhosa, pois estou! Sou humana! Trabalho arduamente em prol dos meus sonhos e fico muito feliz por ver a Angel Luzinha Fotografia crescer, pois fico! Dá-me força para continuar a fazer sempre mais e melhor. Ainda tenho tanto para aprender e concretizar 







AngelLuzinha

Ser mãe é #24

18.06.14 | Paula Veiga Claro
Estar sempre a aprender porque não temos resposta para tudo...

"Mamã, a Professora disse-me que os Anjos não são fêmeas nem machos. São Anjos. Não são meninas nem meninos!"

"Exactamente minha querida. Os Anjos não têm sexo"

"Não têm sexo???? O que é isso mamã??"

(pensei rápido e respondi da forma mais simples possível) "Não têm pipi nem pilinha. As meninas são do sexo feminino porque têm pipi e os meninos são do sexo masculino porque têm pilinha."

"Não têm pipi nem pilinha???? Então como é que fazem chichi?"

(Ups! aqui fiquei sem resposta) "Memmm... pois... é uma boa pergunta... não faço ideia! Sabes que as mamãs também não sabem tudo... amanhã perguntamos à Professora"

"Será que também não têm rabinho?? Então como é que fazem cócó?"

"Não te preocupes Rafaela, amanhã perguntamos à Professora"

No dia seguinte chegámos à escola e aqui está a explicação (dada pela Professora com aquele sorriso de cumplicidade delicioso!).

"Os Anjos não têm pipi nem pilinha porque não fazem chichi. Os Anjos não precisam de comer nem de beber como nós. São seres mágicos!"

"Ahhhhhh ok, já percebi!", exclamou a bicharoca fofinha com aquele olhar de quem ficou absolutamente satisfeita com a resposta (ainda bem! até eu aprendi mais qualquer coisa eh eh eh!).


O Anjo fofinho que fez na escola está agora comodamente instalado no País dos Brinquedos (leia-se quarto!)

AngelLuzinha

O coração é sempre um bom conselheiro

16.06.14 | Paula Veiga Claro
Tudo pronto para abraçar com energia as três semanas que se seguem. Até 6 de julho vou andar, de segunda a domingo, em modo nom stop. Avizinham-se grandes malabarismos para conciliar da melhor forma sessões, edições, blog, parcerias, reuniões, casa e família. Este fim de semana prolongado serviu para colocar as ideias em ordem e estabelecer prioridades. Não me vou desviar da linha que tracei. Vou seguir o trilho dos meus sonhos e do que me faz feliz. Vou viver ao meu ritmo sem me atropelar a mim mesma. Vou dizer não quando for preciso porque na vida real as Super Mulheres são de carne e osso e sentem na pele os efeitos colaterais adversos.

O tempo teima em voar. Não podemos viver na constante ilusão de que conseguimos fazer tudo. Esta ilusão gera insatisfação e suga-nos a paz interior. O coração é o reflexo da alma e é sempre um bom conselheiro. Faço questão de o ouvir para não me desviar do meu próprio Eu. Há alicerces que nunca devemos descurar porque são eles que nos prendem à felicidade. Por mais preenchida que seja uma agenda, por mais louca que seja a vida, nunca pode faltar tempo para o que realmente importa. Nunca pode faltar tempo para mim e para os meus. Esta é e sempre será a minha linha condutora 









Rafaela: Chapéu Sílvia Melo Pontinhos / Colar Terços da Lupinha
Macaco Vertbaudet / mala Accessorize

AngelLuzinha

Por mim...

15.06.14 | Paula Veiga Claro
Adoro o verão mas por mim os termómetros nunca subiam acima dos 26 graus. Não tenho uma boa relação com o excesso de calor. Fico mais rabugenta e impaciente que certas crianças (para já não falar na tensão baixa). Chego a um ponto em que ninguém me consegue aturar! Em casa estou fresca mas, ao fim de umas horas, começo a subir às paredes porque a Rafaela já não se aguenta sossegada. Relaxar??? É para esquecer!

Vou para a rua e começo logo a passar-me com o calor do carro (aqueles minutos em que o AC ainda não se sente são desesperantes!). Fico doida com o transito, com os acidentes, com o calor e com as filas na ponte. Para já não falar na falta de estacionamento e nos parquímetros ao fim de semana (esse roubo público inqualificável!). Em suma, uma pessoa quando chega à praia já vai cansada! Hoje aterrámos na areia às 17h30 (como é hábito) e mesmo assim estava um calor dos diabos. "Que horror, parecem 3 da tarde!", pensei eu. O papá e a Rafaela só olhavam para mim e diziam "Hoje a mamã não se aguenta, está impossível!".

Felizmente não apanhámos transito... e até tínhamos um lugar à nossa espera. Não tivemos que dar quinhentas voltas ao quarteirão (vá lá!). Felizmente lá comecei a relaxar depois de uma corrida e de uns quantos bolos de areia (estou sempre de serviço! não me livro de carregar água e areia para a nossa pastelaria!). Entretanto, o Sol começou a descer no horizonte e a calmaria da hora mágica apoderou-se de mim. Já sabem que sou completamente apaixonada pelo pôr do Sol. Adoro a luz ténue e dourada que cobre os corpos e tudo em redor. Relaxa-me, inspira-me. Por mim os termómetros nunca subiam acima dos 26... por mim o pôr do Sol durava 24 horas... por mim tinha uma praia privada mesmo à porta de casa... por mim era já agosto para rumarmos ao nosso paraíso de férias... 


AngelLuzinha

Por aqui...

13.06.14 | Paula Veiga Claro
Temos três dias pela frente. Três dias para descansar e repor energias. Três dias de Sol e calor intenso. Três dias para andar ao nosso ritmo sem horários para cumprir. Três dias para deixar fluir a alma e aproveitar o melhor da vida 


AngelLuzinha

Apetece levar tudo para casa, não apetece?

12.06.14 | Paula Veiga Claro
Fazer compras com pinta a preços super acessíveis não é bom, é ótimo! Por isso é que a Mo é uma presença constante no meu guarda roupa. Na semana passada estivemos na Praia da Torre para conhecer as novidades primavera-verão e vim de lá com vontade de trazer tudo para casa. Já conhecia grande parte desta coleção (já tinha visto na lojas e comprado alguns coordenados no inicio da estação) mas fiquei de olho em muitas outras novidades. Saias, vestidos, túnicas, calções, acessórios... tudo cheira a verão nesta coleção que prima pelos looks citadinos, leves e descontraídos que adoro.

Nos entretantos, adorei rever a querida Sofia e dar-lhe uma grande beijoca pelo new boy que vem a caminho! Já nos conhecemos há imenso tempo. Na altura éramos duas miúdas e agora aqui estamos nós (completamente) rendidas aos encantos da maternidade. Escusado será dizer que a nossa conversa foi interrompida quinhentas mil vezes pela Rafaela e pelo Gonçalinho que por ali andavam na brincadeira, sempre a esbanjar charme e a fazer travessuras! Parecem uma ventania, qual dos dois o mais reguila ;-)






Coordenados cheios de pinta para aproveitar ao máximo estes dias quentes que vieram para ficar (pelo menos é o que dizem os senhores da meteorologia!). O mais difícil é escolher no meio de tanta coisa gira...

AngelLuzinha