Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Entre Nazaré, Batalha e Alcobaça ♥

20.02.13 | Paula Veiga Claro
Confesso que não sou pessoa de grandes viagens porque sou demasiado agarrada à minha casa. Basta estar dois ou três dias fora para começar a sentir uma enorme vontade de regressar ao meu ninho, ao meu mundo... por isso mesmo, este três dias foram o suficiente para espairecer e recarregar baterias. Três dias maravilhosos ao estilo vá para fora cá dentro sempre na companhia dos meus amores. O céu esteve carregado, o frio era de cortar mas a chuva só deu o ar da sua graça no domingo porque o Sr. S. Pedro faz sempre a gentileza de abençoar o meu dia de aniversário com umas nuvens incontinentes. Ahhh pois, é que isto de ter nascido em fevereiro é assim, dia 17 é sempre dia molhado!... felizmente foi molha de pouca dura e o passeio continuou com uma Rafaela sempre radiante e bem disposta com o belo do chapéu de chuva atrás. A princesa adorou, portou-se lindamente (com as teimosias e traquinices habituais mas isso já faz parte!) e é nestes momentos que dou graças a Deus por ela ter tanta energia porque aguenta na perfeição as longas caminhas sem nunca se queixar. Está sempre pronta para passear, ver coisas diferentes, correr, saltar e comer! até ajudou a mamã a devorar um saquinho de tremoços que comprámos no Sítio. Foi a primeira vez que provou mas adorou "aquelas coisinhas amarelas que se trincam e pluff saltam para dentro da boca!". Está uma crescida, faz uma companhia extraordinária sempre tagarela e bem disposta e nós ficamos parvos como é que semelhante coisa tem pedalada para tanto. Felizmente já lá vão os tempos em que as rotinas tinham que ser cumpridas à risca e em que o cansaço resultava nas birras e choros de bradar aos céus. E se o papá detesta tirar fotos, o mesmo já não se pode dizer da pequena cria que herdou o "vício" da mamã! eu com a máquina fotográfica e ela com o telemóvel, as duas a registar momentos para mais tarde recordar, fantástico!... é uma sensação maravilhosa. No regresso a casa fizemos uma retrospetiva e quando lhe perguntámos do que é que gostou mais respondeu com os olhos a brilhar "dos gatinhos pretos! vocês sabem que eu adoro gatinhos!".

Aqui fica então o registo desta mini trip familiar por terras tão portuguesas, tão hospitaleiras, tão cheias de boa gente.

@ Nazaré





















@ Batalha




@ Alcobaça












PASSATEMPO Meu Caramelo

19.02.13 | Paula Veiga Claro

Pois é meninas, aqui estou eu de volta ao meu cantinho cor de rosa com mais um ano em cima (os 37 já cá cantam!) e um passatempo cheio de estilo para assinar esta data tão especial porque uma mulher só envelhece quando substitui os sonhos pelos lamentos e capacidade de sonhar é coisa que não falta aqui à mamã Angel. Por isso mesmo, aqui vai mais um miminho para as minhas queridas leitoras! um miminho em parceria com a Meu Caramelo porque fiquei fã das criações da Filipa Constante e sei que muitas de vocês também adoraram estas peças únicas às quais dediquei a última rubrica Mulheres Portuguesas (ver aqui).

Tenho  para oferecer: 

 1 colar em tons quentes ideal para o dia e para a estação amena que se avizinha* 
 1 colar em preto e prata ideal para a noite e para uma ocasião que exija requinte e sofisticação*
*para ver detalhadamente basta clicar em cima da imagem

O passatempo termina dia 24 de fevereiro e só é válido para Portugal. As 2 vencedoras serão selecionadas via random.org.

Para participar só têm que: 
1. Ser seguidoras (registadas) do blog 
2. Fazer LIKE na página do facebook da AngelLuzinha e da Meu Caramelo
3. Partilhar este post no facebook
4. Preencher o seguinte formulário:


Fechado para descanso do pessoal... e os 37 a chegar!

15.02.13 | Paula Veiga Claro
Já vos tinha dito que ando mesmo a precisar de mudar de ares... uma necessidade que me ataca devido ao cansaço com que ando e à saturação que o inverno me causa. Felizmente o fim de semana tão aguardado está à porta e só vos posso dizer que o vou aproveitar da melhor forma porque os próximos vão ser passados a trabalhar (felizmente!) entre sessões fotográficas porque a Angel Luzinha Fotografia está a crescer e isso é para mim motivo de grande orgulho. Um projeto que lancei em dezembro do ano passado e que é simultaneamente uma paixão porque fotografar faz parte do meu ADN. Um trabalho que faço com a maior satisfação e ao qual me dedico actualmente a 200%. Mas agora está na hora de recarregar baterias junto dos meus amores. Vou mudar de ares e quando regressar já tenho mais um ano em cima! pois é meninas, faço 37 aninhos no domingo e esta mudança de ares é a minha prenda. A Rafaela acha estranhíssimo eu não querer uma coisa que se embrulhe e que se entregue em mão... ainda não consegue compreender este meu desprendimento pelo lado material da vida... mas recarregar baterias é a única coisa que desejo... mudar de ares, ver outras paisagens, provar outros petiscos... ir para fora cá dentro e sempre a três porque só assim a minha vida faz sentido. Ela está feliz e nós também. Malas quase feitas, pouca tralha à rasta e muita vontade de espairecer, passear e fotografar novos caminhos. Desta vez o portátil fica em casa porque a ideia é mesmo desligar do mundo... regresso ao blog na terça (e com um passatempo glamouroso!) mas sei que no domingo já vou estar a "ressacar" com saudades do meu querido cantinho cor de rosa! ahhh pois é! porque só quem tem um blog sabe o vicio que isto nos causa!.. o cantinho vai fazer beicinho e ficar de trombinhas mas tem que se aguentar porque a Angel, a Luzinha e o papá just wanna have some fun! 

Até terça 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

Mulheres portuguesas: O Meu Caramelo da Filipa Constante

15.02.13 | Paula Veiga Claro
A Filipa é mãe da Leonor e apaixonada por bijuteria. Em pequena deliciava-se a olhar e a conjugar os vestidos e os colares da avó, um gosto que cresceu com ela e se reflete nos apontamentos vintage que dão um toque inconfundível às suas coleções. A arte de bem reciclar também é uma constante, já que a Filipa adora aplicar nos colares diferentes materiais e dar uma nova utilização a peças que já não usa. Tudo o que sai das suas mãos transmite um pouco de si e remete-nos para um mundo onde o clássico e o moderno se fundem na perfeição. Tudo feito com imenso carinho e dedicação, daí a escolha do nome Meu Caramelo para dar vida a este projeto ao qual se dedica a 100%. Pessoalmente fiquei encantada com a imagem apelativa da marca, com o requinte, o bom gosto, a excelente seleção de cores e a forma original como conjuga os diversos materiais. A conjugação de contas e botões é absolutamente divinal e conseguida da melhor forma em todas as suas criações.

Quem vive em Viseu tem o privilégio de adquirir as peças Meu Caramelo na loja Maria Doce e Maria Soneca e na Papelinhos e Papelotes. Quem vive noutras paragens pode fazer o mesmo através da página da marca no facebook aqui


É por estas e por outras que gosto tanto desta minha rubrica "Mulheres portuguesas". Adoro originalidade, adoro criatividade, adoro dar a conhecer novos talentos 






O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

O namorado, as perguntas difíceis e a corrente da blogosfera

14.02.13 | Paula Veiga Claro
Lá foi a Rafaela tagarela e bem disposta a caminho da escola com o presente debaixo do braço para o amigo secreto. Todos os anos comemoram o Dia dos Namorados desta forma. Este ano a educadora disse que todos teriam que levar um livro para oferecer ao amigo que só será revelado quando tirarem à sorte (da caixinha surpresa) o papelinho com o nome. Mas a verdade é que a minha bicharoca fofinha só queria dar o livro ao seu adorado Tomás (que já vos apresentei aqui e é um amor de genro!) e não ficou lá muito satisfeita quando eu lhe disse que o livro até pode ir parar às mãos de uma menina porque nunca se sabe qual é o nome do colega que vai  estar no papelinho. Ela olhou para mim com aquela cara de quem quer engolir o mundo com tantas perguntas (é uma cusca de primeira!) e saiu-se com esta " Ohh Mamã, mas as meninas casam com meninas?"

Parei. Olhei para ela, tornei a olhar enquanto tentava encontrar uma resposta adequada. A dúvida instalou-se. Tenho que lhe dizer a verdade porque eu nunca lhe minto porque detesto mentiras e se quero que ela seja sempre verdadeira comigo tenho que ser a primeira a dar o exemplo.... ai ai... mas se lhe digo a verdade é capaz de ficar completamente baralhada... "Sim Rafaela, há meninas que casam com meninas e meninos que casam com meninos. O mais normal é que uma menina goste de um menino mas sabes que as pessoas têm todas gostos diferentes e há algumas que preferem casar com meninas".

E foi assim, a minha explicação ficou-se por aqui para não levantar outras questões naquela cabecinha pensadora. Ela olhou para mim, fez um ar estranhíssimo e exclamou "casar com uma menina?! eu não! eu quero casar com um menino! gosto muito do meu Tomás e já sabes que eu nunca vou sair desta casa! quando casarmos ele vem viver connosco porque eu quero estar sempre contigo e com o papá. Se tivermos uma filha vai chamar-se Paulinha e se tivermos um filho vai chamar-se Ricardo. E se tivermos gémeos também porque eu adoro-te mamãzinha! e também adoro o papá!".

Enfim, sem palavras.... não me canso de dizer que a minha Rafaela é a coisinha mais querida e fofa do mundo. E por falar em amor, e porque hoje é Dia de S. Valentim (ao qual não ligo nenhuma como já vos  tinha dito aqui) lembrei-me de partilhar com vocês estas esculturas lindas Willow Tree by Susan Lordi. Em Portugal podem ser adquiridas na Loja Conto de Fadas, foi lá que eu comprei esta que vos mostrei aqui. São absolutamente maravilhosas, têm alma e são perfeitas para quem quer oferecer algo diferente numa ocasião especial.


E já que estamos numa de gostos, aproveito para lançar aqui o desafio. Só na quarta, quando a Marisa do blog Comer, Vestir e Babar me contactou é que eu tive conhecimento desta corrente (nos últimos dias nem tenho tido tempo para vaguear pela blogosfera!). Ontem desafiou-me aqui e dizer 10 coisas que gosto e 10 coisas que não gosto. Desafio aceite. Aqui vão as respostas:

10 coisas que gosto
- Da minha família (acima de tudo)
- De "esborrachar" a minha filha com mimos, beijos e brincadeiras 
- Do meu blog
- De fotografar
- De escrever
- De fazer desporto
- De ver um filme ao serão com o meu marido (depois da pequena cria adormecer)
- De comprar roupa para a Rafaela (o meu lado mais fútil! a minha desgraça!)
- Da serenidade que me transmite o por do sol
- Da primavera

10 coisas que não gosto
- Da distância geográfica que me separa dos meus pais que vivem no Alentejo
- De pessoas falsas 
- Da injustiça
- De pedófilos
- Da crueldade do homem para com os seus semelhantes
- Da ingratidão
- Do pó
- Dos passeios cheios de cocó de cão (passo-me!)
- Da desorganização
- De saber que a morte é a nossa única certeza

Para que a corrente não seja quebrada, lanço o desafio a estes blogs que adoro e sigo há muito tempo. Aqui vai: para a Sofia do Às Nove no Meu Blog, para a Márcia do By Deva, para a Sofia do A Vida a 4D, para a Teresa do Blog da Teresa, para a Cátia e para a Margarida do Style it Up e para a Mariana do Manel de Instruções cujo blog conheci e comecei a seguir o mês passado quando tive o prazer de fotografar aqui a sua linda barriguinha. Let's do it girls ;-)

So trendy, so chic. Adorei ♥

13.02.13 | Paula Veiga Claro
Foi-se o Carnaval e o Sol está de volta... enfim, a simpatia do Sr S. Pedro para com os foliões deixa sempre muito a desejar... um Santo com um mau feitio dos diabos, só pode! porque uma coisa destas não se faz a quem investiu à grande nestes dias de brincadeira. Mas o Sol está de volta e com ele a vontade de abraçar o bom tempo... eu já nem digo nada! que saudades da minha rica primavera. Mas enquanto o corpo continua envolto nos trajes quentinhos os olhos saltam para as novidades da próxima coleção. Já vos tinha dito aqui que nos poucos minutos que tenho livres aproveito para me inspirar e o novo catálogo da La Redoute tem feito as minhas delícias. Aqui estão mais uns outfits que adorei! sim, porque eu adoro vestidos e calções! é de aproveitar enquanto ainda tenho perninhas para isso ;-)


Também gostei imenso deste look apesar de não conseguir andar com este género de sapatos. Com a maternidade vão-se os saltos e ficam as sabrinas... ahhh pois, tenho que andar ligeira e rasteira atrás da pequena cria, caso contrário não acompanho a pedalada e chego ao fim do dia com os pés desfeitos, no way!


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

A pilha de nervos, a compra cinco estrelas e o momento histórico!

13.02.13 | Paula Veiga Claro

Mas o que é isto? a barca de Noé, uma conspiração, uma bancada da Feira da Ladra?... não, não é nada disso. Isto é simplesmente a cama da minha filha e uma das minhas dores de cabeça nos últimos tempos. Assim que acorda de manhã lá vai ela a caminho do seu quarto (sim, ela ainda dorme no nosso, a sua caminha está mesmo ao lado da nossa e escusam de me vir com conversas porque será assim até ela o desejar) buscar os bonecos para colocar em cima da cama. Um ritual que me leva à loucura porque ela leva quase meia hora a compor esta tralha toda. Já são horas de estar na escola e aqui anda sua excelência de um lado para o outro. Trás um boneco de cada vez, conversa com eles e coloca-os com muito cuidado na devida ordem em cima da cama. Cada um deles tem um sítio especifico e se alguém a tenta ajudar cai o Carmo e a Trindade porque eu e o papá não percebemos nada disto. Ela é que sabe! reparem no relógio da Kitty em cima da fralda dobrada em quatro partes que coloca em cima da almofada!... isto assim até tem a sua piada mas levar com esta cena todos os dias ao levantar e ao deitar é de loucos! ahhh pois, porque ao deitar leva outra meia hora a tirar os bonecos um a um para o seu quarto onde os arruma também pela ordem que só ela sabe. E todos os dias acrescenta mais um a este amontoado. Mas onde é que isto vai parar?

Enfim, isto tinha que acabar. Expliquei-lhe de todas as formas e feitios que a cama assim fica um horror e só acumula pó. Expliquei-lhe que isto é uma trabalheira... todos os dias... com uma paciência que só eu tenho... até que me passei e disse-lhe que caso continuasse com este ritual, espetava com a cama no quarto dela porque não queria aquela tenda montada no meu rico quarto que adoro ver clean e arrumado, Aliás, eu odeio casas atafulhadas de tralha! gosto de tudo clean e minimalista sem tralha à vista.

A gota de água foi no passado fim de semana quando comprei este kit super giro na Primark (colcha + almofada). Adorei! foi amor à primeira vista. O tecido 100% algodão e o padrão igual aos da Zara Home que eu andava a namorar mas por menos de metade do preço. Uma compra excelente para trazer uma lufada de ar fresco à cama da madame Rafaela. Ela adorou, queria sair da loja já agarrada à almofada mas tudo mudou de figura quando chegou a casa. Trocámos o edredão pela colcha e pela almofada e em seguida espetou com a bonecada toda lá em cima. Foi a loucura! ela gritava, eu gritava... enfim... não nos conseguíamos entender. O papá só olhava e nem se metia neste "galinheiro feminino". Os ânimos lá se acalmaram, respirei fundo e lá a consegui convencer (depois de muitas lágrimas) a tirar alguns bonecos de cima da cama.

A verdade é que acabou por se fazer luz naquela cabecinha de 5 anos (já tão dona dos seus gostos e vontades) e acabou por perceber que a mamã até tinha razão. Em cima da cama restam agora apenas alguns exemplares e ontem à noite registou-se um momento histórico! a Rafaela sempre detestou dormir tapada por isso a cama dela tinha apenas a capa do colchão e o edredão só para compor porque em bebé tinha que dormir enfiada nos sacos para não gelar e quando começou a andar aos 11 meses tive que trocar os sacos pelos babygrows polares da C&A que felizmente continuam a existir para crianças crescidas. A modos que dona Rafaela dormia de pijama de flanela e babygrow polar e por vezes de luvas porque roupa em cima nem pensar. A mim fazia-me imensa impressão ver aquela criatura em cima da cama sem nada em cima mas ela queria assim para se mexer à vontade (porque nem a dormir consegue estar sossegada ao ponto de ficar com os pés para a cabeça!). Mal eu colocava o edredão plufff! aquelas pernocas faziam o favor de o desviar em três segundos (mesmo a dormir).

Mas ontem deu um passo de gigante! não quis dormir dentro do babygrow porque já não é bebé e pediu-me para colocar lençóis de flanela (como nós temos na nossa cama). Eu temi o pior e acordei várias vezes durante a noite para ver se ela estava tapadinha. Felizmente basta olhar para o lado e ali está ela fofinha na sua caminha... e não é que dormiu toda a noite como gente grande debaixo dos lençóis, do edredão e da colchinha? hoje à noite foi igual e eu nem estou a acreditar. Finalmente percebeu como é bom sentir o aconchego dos lençóis e de uma cama feita como deve ser... aleluia... e a harmonia visual está de volta ao meu quarto ;-)



Direito e avesso às florzinhas em tons suaves e padrões mimosos como eu tanto aprecio 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui