Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Há dias assim... mãe sofre!

31.08.12 | Paula Veiga Claro
Há dias assim em que uma pessoa já acorda rabugenta... hoje é a minha vez. Tenho sono, estou cansada e ainda por cima acordei com uma dor na zona lombar... ai ai... e a Rafaela a pedir colinho de manhã para sair da cama porque aqui a mamã estraga-a com mimos e todos os dias a tiro da cama como se fosse um bebé... ahhhh mas sabe tão bem! adoro dar-lhe um colinho enquanto a encho de beijos e mimos até à casa de banho. O cheirinho das crianças ao acordar, a pele macia e fofinha é um deleite para nós mamãs. São uma doçura! só apetece esborrachar com beijinhos!... o pior é que a minha big baby já pesa imenso e cada vez é mais complicado dar-lhe o colinho que ela e eu tanto gostamos.

Mas o pior de tudo é que agora começou a não querer dormir a sesta o que resulta num final de dia catastrófico porque a madame fica impossível de aturar. Mas não me posso queixar porque afinal ela está quase com 5 anos! está diferente, está a crescer, as necessidades de sono são outras e a pedalada da criatura é alucinante, sempre foi, mas agora está demais! tanta energia meu Deus. A maior parte dos seus amigos e colegas já deixaram de dormir a sesta há muito tempo mas ela tem um estilo de vida bastante diferente da maior parte das crianças porque eu vou buscá-la à escola às 14h00 e passamos o resto do dia juntas. Ser free lancer e mãe a tempo inteiro é, como já disse várias vezes, o melhor que fiz na vida.

A sesta sempre foi um ritual de doçura para ambas, um ritual que ela sempre adorou (e eu! porque era a forma de compensar os serões de trabalho que passo aqui ao computador até às quinhentas). Dormíamos a sesta e em seguida muita brincadeira, parque, jardim, bicileta até à hora de jantar... o pior é que de há duas semanas para cá a piolha deixou de ter sono à tarde e começou a pedir sesta apenas dia sim, dia não. Agora é a tarde toda na paródia e eu já me ando a reorganizar em termos de horários de trabalho porque sem sestas não me posso deitar todas as noite às quinhentas porque não me aguento... e sem sestas os finais do dia são dramáticos porque a piolha fica intratável. Fica com uma excitação impressionante, completamente destrambelhada e no fim começa a embirrar com tudo e com todos, a chorar por tudo e por nada... é complicado. Ontem passámos a tarde no parque e depois (para variar) não se queria vir embora! já estava impossível de aturar. Tem uma nódoa negra no queixo e outra na cara da loucura em que andou (para já não falar nos joelhos que parecem um mapa). Uma verdadeira piolha atómica, enfim, tem a quem sair! eu era exactamente assim quando era pequena e só agora compreendo as estafas que dei à minha querida mãe. Todos os olhos são poucos para guardar esta criatura e eu ontem já estava de rastos de fazer de lobo mau e de mil e uma outras coisas. Chegou a casa lavada em lágrimas porque eu tive que me zangar a sério. Tive que levantar a voz e fazer de conta que me ia embora para ver se ela percebia. Estava no limite da minha paciência. Lá veio num pranto, estoirada, cheia de sono a pedir-me desculpas e miminhos... e ainda tive que fazer um esforço para não me rir quando ela exclamou docemente com cara de anjinho mimado "ohhh mamã, tu sabes que as meninas pequeninas são assim!"... enfim, todos os dias pede desculpas mas todos os dias é a mesma fita para se vir embora porque acha que nunca brincou o suficiente. Um dia gostava de saber qual é o limite... devia ser até cair para o lado, só pode!

E amanhã temos a primeira aula de natação!....estou DE-SE-JO-SA de ver a minha peixinha maluca dentro de água numa aula a sério. Mais um grande momento para a mamã babada registar.

Beijokas e um bom fim de semana para todas vocês... estou no ir... tenho mil e uma coisas para tratar agora de manhã antes de ir buscar a pequena cria destrambelhada ;-)


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

Passatempo Vasenol... e as vencedoras são...

31.08.12 | Paula Veiga Claro
Ora vamos lá ver quem é que vai levar para casa os 3 kits Vasenol... PARABÉNS à Ana Garcia (comentário 2), Maria Martins (comentário 11) e Teresinha Carvalho de Morais (comentário 20).

Mas antes de terminar, quero deixar aqui uma beijoka de agradecimento a todos os participantes♥ e agora tenho mesmo que me ir deitar... estou a transformar-me em abóbora... boa noite e bons sonhos ;-)

Made in Portugal: Zitamina

30.08.12 | Paula Veiga Claro

Foi através da Irina Alves da Casinha da Matilde, por quem tenho a maior estima, que conheci o trabalho extraordinário da Zita Neto. Fiquei encantada com as suas peças, sobretudo com as malas e carteiras que são de dar com uma mulher em doida! A Zita consegue aliar o clássico ao moderno de uma forma surpreendente. Os padrões, a conjugação dos tecidos, a seleção criteriosa dos materiais, tudo isto aliado a um extremo bom gosto e a uma enorme paixão por aquilo que faz, resulta num trabalho extraordinário. Mais uma prova de que o que é nacional é bom e bonito... e recomenda-se ;-)

Como e quando surgiu aZitamina? 
A Zitamina surgiu há 2 anos, uns meses após ter ficadodesempregada. A necessidade de me manter ocupada levou-me a criar umas peçasque inicialmente tinham inspiração nos livrinhos de bebé da minha filha. Começou com caprichados ganchos e alfinetes em feltro e mais tarde evoluiupara outras peças em tecido.

O nome Zitaminatem um toque bastante enérgico. O Zita é da sua parte e o Mina? Tem maispessoas envolvidas no projeto? 
Zitamina é um trocadilho do meu nome (Zita) com Vitamina Z. O projeto é unicamente meu, mas tenho tido uma ajudabastante presente da minha mãe, que elabora o crochê que utilizo, e da minha irmã que  me dá uma mãozinha sempre que pode.

Com quem é queaprendeu a costurar? 
Aprendi o básico com a minha mãe, quando era maisnova, mas nunca me tinha aventurado muito nas costuras. Quando o comecei afazer a sério foi um processo de desenvolvimento muito natural. Sou muitoautodidata!

As malas e osporta moedas são o seu forte. Pensa expandir a marca a outros áreas?
Claro que é sempre desejável ter novidades mas não penso muito noassunto. Deixo as coisas fluírem por si próprias. A minha evolução depende umpouco dos materiais que me vêm parar às mãos. Por agora estou"confortável" no meio de algo que domino. Amanhã... logo se vê (sorrisos).

Tem alguma peçabest seller?
Uma peça que posso dizer que é best seller é a mala"Love edition". Tem muito sucesso porque acho que é algo que não sevê em mais lado nenhum, no entanto nãotenho tido sorte em encontrar os materiais que preciso e torna-se complicadodar resposta às solicitações.

Muitas das suaspeças conjugam tecido com aplicações em crochê. Qual é a sua fonte deinspiração?
A ideia de juntar o crochê com o tecido surgiu numa imagemque vi na net. Actualmente é algo que está muito em voga, ir buscar"artes" antigas e integrá-las no nosso dia a dia. Achei que era algoque poderia funcionar e resultou!

As suas peças sãocomercializadas apenas online?
Comercializo sobretudo online mas há umaloja em Coimbra, a Espatódea, que dispõe de um espaço para mim.

A crise quevivemos tem proporcionado a cada um de nós apostar dos próprios talentosem busca de um futuro melhor. A Zita também partilha experiências e opiniões comoutras artesãs?
Sim, sem dúvida. Tenho feito amizade com outrasartesãs e um factor comum é que todas procuramos desenvolver a nossa arte(fazer o que gostamos) e conseguir rentabilidade com ela, claro. Umas fazemcomo complemento a um emprego, outras, como eu, dedicam-se a tempo inteiro. Em ambos os casosnão conheço ninguém que não ame o que faz.

Como imagina aZitamina daqui a uns anos?
Daqui a uns anos talvez tenha o meu próprioatelier com loja aberta ao publico. Por enquanto é algo impossível, voudesenvolvendo o meu trabalho numa divisão cá de casa.

Que mensagemgostaria de deixar às leitoras do blog AngelLuzinha?
Para as leitoras deixo apenas um grande obrigada por permitirem e contribuírem para que pessoascom talento, força de vontade, trabalhadoras e acima de tudo pessoas que fazemo que fazem com grande paixão e dedicação, desenvolvam a sua arte. Se nãohouver quem aprecie não teremos futuro. É preciso incentivar e motivar paraque cada vez façamos mais e melhor.

E aqui fica uma pequena amostra do trabalho fabuloso criado pelas mãos de fada da Zita Neto a quem agradeço desde já a disponibilidade e simpatia. Desejo-lhe as maiores felicidades porque quem trabalha assim só pode estar talhada para o sucesso. Para encomendas, dúvidas, preços e sugestões basta visitarem a página da Zitamina no facebook aqui








Seleção Angel♥Luzinha: Coisas originais para o regresso à escola

29.08.12 | Paula Veiga Claro
Nesta altura do ano temos as lojas, papelarias e hipermercados a transbordar de material escolar para todos os gostos e carteiras. Lápis, canetas, mochilas, sacos, cadernos... eu sei lá! a escolha é infinita mas no fundo é tudo muito parecido. Meninos e meninas têm gostos bastante definidos mas muito semelhantes dentro das mesmas faixas etárias. Por isso mesmo, e para fugir à rotina, lembrei-me de fazer esta seleção com peças originais que podem marcar a diferença e virar moda porque são giras, diferentes e divertidas. Mais uma seleção AngelLuzinha baseada exclusivamente no meu gosto pessoal com marcas inteiramente made in Portugal.

1- Lápis de cor ou carvão personalizados da Letras Bordadas (os mais fanáticos até podem optar pelo seu clube de futebol!! cliquem em cima da imagem para ver mais detalhadamente)

2- Estojo para lápis de cor, cera ou canetas de feltro (de 12, 24 ou 36) da Trapinho

3- Capas de livros da Casinha da Matilde (lombada grossa ou fina, executadas com as medidas indicadas pelo cliente)

4- As lancheiras térmicas da Anita Catita para o almoço ou lanche dos nossos filhotes

5- O saco personalizado da Os Pitinhos para o infantário
6- As bolsinhas para guardar as chuchas da AlinhavArte

O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

Sou um monstro!

29.08.12 | Paula Veiga Claro
Hoje houve choro antes de deitar porque a mamã foi um monstro assassino. Quando entrei no quarto vi uma mosca na parede, junto à cama da minha pequena cria, e acabei por matar a bichinha enquanto a enxotava. Mas o que é que eu fui fazer?!?!??!?!?! a Rafaela desatou num pranto agarrada a mim "Ohhhhh mamã, os bichinhos não se matam, os bichinhos são da natureza!". Eu pedi-lhe mil desculpas enquanto a consolava porque ela estava cheia de razão. A pobre mosca também tinha direito à vida. Senti-me um monstro... e agora vou dormir porque tenho uma dor de cabeça dos diabos... é castigo, só pode! o melhor é mudar o nome do blog para MonstroLuzinha...beijokas, boa noite e bons sonhos ;-)


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

Regresso às aulas com a Xana Toc Toc

28.08.12 | Paula Veiga Claro
É verdade mamãs, as nossas filhotas já podem ir para a escola na companhia da rainha da pequenada. Um regresso às aulas com muita magia e alegria com o material escolar da Xana Toc Toc à venda nas papelarias a partir de Setembro. Entretanto, podem recordar aqui a entrevista que lhe fiz este ano no Dia da Criança 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui 

Um cheirinho da nova coleção Chicco

28.08.12 | Paula Veiga Claro
Não gosto dos dias demasiado quentes mas também não gosto naaaada do frio! o ideal era ser primavera todo o ano mas uma primavera como deve ser, uma primavera amena e não um tempo manhoso como o dos últimos anos em que o passar das estações é cada vez mais abrupto. Passamos das botas para as havaianas num piscar de olhos!... e tenho para mim que em relação ao outono vai ser a mesma coisa, vamos passar do calor para o frio num ápice. O bom de tudo isto são as novas coleções que nos remetem para o aconchego próprio da época e quando se tem filhos pequenos já se sabe como é! a mudança de estação implica uma infinidade de compras porque quase tudo deixa de lhes servir. Aqui está um cheirinho da nova coleção Chicco a pensar num outono e num regresso às aulas cheio de estilo e conforto. Para verem mais detalhadamente basta clicarem em cima da imagem ;-)


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui 

As mochilas Tuc Tuc

28.08.12 | Paula Veiga Claro
A ansiedade é normal a todas as crianças quando chega o primeiro dia de escola. Temos que lhes transmitir confiança e ter muita paciência porque também já passámos pelo mesmo e sabemos que o nosso apoio é fundamental para que ultrapassem com sucesso este enorme desafio. Para facilitar a adaptação, as crianças devem participar ativamente na preparação desta nova etapa nomeadamente na escolha da mochila e material escolar.
A Tuc Tuc tem várias sugestões de mochilas, todas elas divertidas e com muita cor onde os protagonistas são simpáticas criaturas retiradas do imaginário infantil. Do curioso dragão da coleção King Dragon ao Capuchinho Vermelho da coleção Funny Days, passando pela elegante bailarina da coleção Ballerina, são muitas as personagens Tuc Tuc escolhidas para acompanhar as nossas Luzinhas à escola 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui 

A bailarina da mamã e do papá ♥

28.08.12 | Paula Veiga Claro
Ontem à tarde fomos à Decathlon comprar o equipamento de ballet (de que vos falei aqui) para a madame Rafaela. Foi uma loucura, só queria que vissem! Ao contrário do que eu pensava, as professoras preferem um maiô simples com saia amovível. Ainda bem que me disseram porque nós já íamos preparadas para comprar um tutu cor de rosa e farfalhudo. Mas mesmo que quiséssemos, não teríamos hipótese porque estava praticamente tudo esgotado e nem sinal do tamanho da Rafaela que é uma crescida para a idade (a pediatra diz que a piolha vai ser bem maior que eu! também não é preciso muito visto eu ter deixado de crescer assim que atingi 1,58m de gente).

Seguiu-se então o veste e despe e alguns gritos à mistura porque a piolha não parava sossegada... ainda teve o descaramento de sair dos provadores em camisola e cuecas tal não era a euforia!... e eu a ferver porque detesto quando ela fica assim desnorteada de todo "ohhhh Rafaela, anda cá! mas tu não ouves?? fica lá aqui sossegada enquanto eu vou buscar o tamanho acima. Olha que eu estou mesmo aqui à tua frente, estou de olho em ti e se te apanho a sair daqui em cuecas outra vez zango-me a sério e já não te compro nada, estás a ouvir?"

"Sim mamãzinha", dizia ela com aquela cara de anjinho traquinhas. Mas tive que me rir, pois tive, porque a genuinidade e a alegria das crianças fascina-me. Ela pensava que ia sair dali com um tutu gigantesco, por isso, ao experimentar o maiô e a saia de ballet, exclamou dececionada provocando uma gargalhada geral em quem por ali passava. "Então mas eu vou para a aula de ballet com uma saia que não roda???? Não pode ser! olha para isto mamã, esta saia não roda nada! eu quero um tutu que rode muito!"

Eu só me ria porque ela dizia isto com um ar que só visto!... mas lá consegui meter naquela cabeça que os grandes tutus são para os espetáculos e que os maiôs e as saias de ballet são para os treinos. A seguir fomos experimentar as sapatilhas e mais uma vez percebi que o pé desta criatura está enorme!... o 26 já não dava, teve que ser o 27... por esta lógica já percebi que nenhum dos sapatos de inverno do ano passado lhe vai servir. Queria então umas sapatilhas cor de rosa com muitos brilhantes mas não havia disso (felizmente!). A pancada que as miúdas desta idade têm pelos brilhantes é de loucos!!

No final ficou encantada a olhar para o espelho enquanto rodava e cantava. A minha Luzinha estava mesmo linda, lá isso estava! que encanto ;-) e já nem se queria despir, por ela tinha saído da loja assim trajada. E quando cheguei a casa ainda tive que me aborrecer porque tomou banho e em seguida queria vestir-se de bailarina. "NEM PENSAR!, agora vamos jantar e eu não te quero com isso à mesa, não tarda estás cheia de nódoas", disse a mamã desmancha prazeres.... então perguntou-me se podia jantar com as sapatinhas calçadas. "Está bem meu anjo, com as sapatilhas pode ser". Jantou e falou, falou, falou... contou as novidades todas ao papá e mostrou as compras... foi um fartote de rir! e assim que acabámos de jantar saltou da mesa e foi a correr ter com o seu querido equipamento cor de rosa. E depois, já sem risco de nódoas, vesti-a de bailarina e por aqui andou a esvoaçar até à hora de deitar. Para a semana já o vai estrear a sério, estou desejosa de ver. É tão bom ter crianças em casa, a nossa vida ganha mesmo outro sabor 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui 

Pág. 1/6