Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Déglingos, os bonecos sensação do momento :-)

05.11.11 | Paula Veiga Claro

Quando somos mães a nossa casa passa a ser "invadida" por um sem número de bonecada! E nos dias que correm as novidades são constantes e diárias!.... muito boneco surge por este mundo fora :-))

Hoje de manhã fomos até ao Centro Comercial Oeiras Park e em pleno shopping ali estava um espaço que fazia as delícias de miúdos e graudos. Mais uma acção promocional vinda do reino da bonecada!

Fiquei a olhar. Chamou-me a atenção. Gostei daqueles bonecos patuscos com ar artesanal, muito fofinhos e coloridos numa agradável mistura de tecidos e patchwork. Fiquei a saber que são os famosos Déglingos, os bonecos de origem francesa que estão a virar moda em todo o mundo. O Pax da Angelina Jolie anda quase sempre com um debaixo do braço.

Eu desconhecia tal coisa...

Mas depois das apresentações fiquei rendida. Resolvemos participar no passatempo. As crianças tinham que escolher o seu Déglingo preferido e depois tinham que o tentar desenhar (um verdadeiro desafio, claro está, para uma criança da idade da Rafaela! eh eh eh).

E a motivação começa no exacto momento em que descobrem que vão ganhar uma surpresa só por participarem! Já se sabe como é, quando se fala em surpresas as crianças ficam logo de antenas no ar :-)) E toca de aproveitar porque esta acção só vai descorrer durante o fim de semana. Para além do prémio de participação, cada criança ainda se habilita a ganhar um Déglingo grande... mas para isso o seu desenho tem que ser o melhor desse dia.

A Rafaela escolheu o porco... cor-de-rosa, como não podia deixar de ser!!


Depois sentou-se na mesa com o porco à frente. Olhou para a folha em branco, olhou para o porco e exclamou "Mas eu não consigo desenhar o porco! eu ainda sou uma menina pequenina!!". Lá me sentei ao seu lado e lá a incentivei a tentar porque uma pessoa nunca deve cruzar os braços, porque uma menina só pode dizer que não consegue depois de tentar! fui-lhe dando algumas indicações e a verdade é que conseguiu desenhar um porquinho engraçado à maneira dela! ficou muito giro! e achou que devia sentar o porco num arco iris e toca de fazer riscos de várias cores. No fim até ela ficou surpreendida com o resultado!!!... e nós também! :-))

Lá entregou o desenho à responsável e lá foi tirar o papelinho para saber qual seria o seu prémio de participação. E não é que teve uma sorte dos diabos!!?!?!!!! ganhou um porquinho em miniatura (igual ao grande que tinha escolhido) em porta chaves! e teve sorte porque a maior parte dos prémios de participação eram apenas crachás!!... os bonecos contavam-se pelos dedos!

Agora pode ser que o seu desenho seja o desenho do dia e seja premiado com um Déglingo grande :-)

Eu adorei o porco espinho! coisa mais gira!
Em Portugal a Brincas Lda. é o distribuidor exclusivo desta simpática família de animais (www.brincas.pt)


A 1ª visita de estudo da Rafaela!

04.11.11 | Paula Veiga Claro

É verdade, hoje foi um dia muito especial, ou melhor, foi uma manhã MUITO ESPECIAL!
Os meninos e as meninas da sala dos grandes foram todos a uma visita de estudo! A primeira da Rafaela :-)

Foram ver o musical infantil "Careta - a tartaruga que defende o Planeta!", no Auditório do Oceanário de Lisboa.
O entusiasmo começou dias antes quando a piolha soube que ia andar de autocarro! De autocarro até ao Oceanário, um sítio que ela adora e que já visitou duas vezes com a mamã e com o papá. Mas desta vez seria diferente, desta vez não ia ver os peixinhos mas sim uma peça da teatro!
É claro que aqui a mamã galinha a encheu de recomendações "Já sabes Rafaela, nunca te afastes da Susana porque te podes perder e alguém te pode levar; Tem muito cuidado a entrar e a sair do autocarro; Faz sempre o que a Susana e a Mónica te disserem, o.k?; dentro do autocarro já sabes que tens que estar sempre sentada e com o cinto de segurança, nada de palermices, ouviste? e se os outros meninos começarem feitos tontos, tu porta-te como deve ser e não vás atrás dos disparates, ouviste?"
Ela ouvia-me, sorria e abraçava-me dizendo "Não te preocupes mamãzinha, eu porto-me bem. Eu tenho cuidado. Não fiques preocupada".
A semana esteve muito chuvosa e na terça feira fez tempestade... e eu sempre de olho na meteorologia com esperança que na sexta a chuva resolvesse dar tréguas para os pequenitos poderem fazer uma boa viagem pela 2ª circular até ao Oceanário.

O meu maior receio era a viagem que apesar de curta, é sempre uma viagem. Tenho sempre medo que algo possa acontecer. De resto estava descansada porque sei que ela com a Susana está com Deus. A Susana é o que se chama uma educadora 5 estrelas, uma pessoa que ama o que faz, uma pessoa que não brinca em serviço. Uma verdadeira profissional. A Rafaela adora-a. A Susana é super brincalhona, divertida mas também muito exigente. Sabe pôr as crianças na ordem como ninguém!

Mas continuando....
Na sexta feira a piolha saltou da cama logo à minha primeira chamada!!!! impressionante! há dias que para se levantar é um castigo... mas hoje pulou da cama e disse-me com um entusiasmo delicioso "Vamos mamã! não posso chegar atrasada senão o autocarro vai-se embora sem mim!!!"
"Tem calma amor, fica descansada que não perdes o autocarro. Primeiro ainda tens que te vestir, tomar o pequeno almoço e lavar os dentes".
E lá andava ela pela casa feita barata tonta, a falar, a cantar e a pular! Também fez questão de me ajudar a preparar a sua mochila com um pequeno lanche para o meio da manhã.... "diz lá o que te apetece levar? mas olha que não podes levar muita coisa porque é apenas um lanche e porque vais ter que ser tu a carregar com a mochila e a tomar conta dela, ouviste? A Susana não vai andar a carregar com as tralhas dos meninos, cada um tem que cuidar das suas coisas".
"Está bem mamã!" respondeu ela com um sorriso absolutamente deslumbrante naquela carinha fofa.
Eu e o papá observávamos toda aquela inocência, toda aquela alegria com um certo saudosismo... saudade dos nossos tempos de criança, saudade das excursões da escola que nos faziam transbordar de entusiasmo, saudade do cheiro das merendas que as nossas mães nos preparavam e que na maior parte da vezes chegavam a casa quase intactas porque o pessoal queria era brincar, passear e divertir-se!!... saudade da alegria com que viviamos a vida quando eramos crianças... uma vida que em adulto é tão diferente.... SIM, porque à medida que vamos crescendo os sorrisos e as gargalhadas vão diminuindo... a vida vai-nos tornando mais amargos, mais cinzentos...
Mas quem tem filhos tem uma LUZ, quem tem filhos consegue sentir novamente o calor e a alegria das pequenas coisas da vida. Voltamos a ser crianças :-)
Às 8h50 chegámos à escola conforme combinado. Não chovia, felizmente.
A piolha despediu-se de mim (com os calorosos beijos e abraços do costume) e lá foi ela aos saltos para junto dos colegas que andavam em delírio pela sala.
Pedi à Susana para me dar uma apitadela assim que chegassem. Eu não atenderia o telemóvel. Era só para ficar com o coração descansado.
Às 9h50 recebi a chamada da Susana e fiquei tranquila! A piolha já tinha chegado ao destino :-)
Aproveitei e fui até ao ginásio para dar largas à minha energia com uma bela dose de cardio-fitness e musculação.

Ao meio dia em ponto recebi um SMS da Susana a dizer "Já estamos a chegar à escola. Tudo o.k. Bj ;-)"
Fiquei radiante! A Susana é mesmo um espectáculo! Ela sabe como é o coração de uma mãe!... especialmente de uma mãe como eu sempre demasiado preocupada e atenta a tudo.... já me conhece de ginjeira!! :-)))

Tomei banho, almocei e às 14h00 lá estava eu à porta da escola como de costume.
A piolha mal me viu começou aos pulinhos de alegria (como é hábito) e voou para mim para me contar a aventura! Abriu a mochila e mostrou-me o bilhete do teatro com uma tartaruguinha. "Toma mamã, é para ti! é a tartaruguinha bebé que saiu do ovo e foi para o oceano"
Chegou a casa eufórica e cansada. Quis comer outra vez! (já tinha almoçado mas quis comer mais qualquer coisa porque toda aquela energia consome muitas calorias, pois claro!)

E ali ficámos à mesa enquanto ela contava tudo com uma tagarelice estonteante!! e lá falou da Careta e da Casquinha e do Vasco e do Polvo.... e do estádio do benfica e do sporting que viu ao longo da viagem e que causaram furor entre educadoras e colegas... e dos aviões no aeroporto que se avistavam perfeitamente do autocarro... e blá blá blá.

Depois o sono começou a apertar e começou feita rabugenta. Começou a chorar porque queria ir ao teatro outra vez mas desta vez queria ir comigo! "Eu fui com a Susana e com os meus colegas, mas também quero ir contigo mamã! vamos? Pode ser? vamos agora?".
Estava na hora da sesta, pois claro. A hora em que a princesa se transforma em abóbora e fica impossível de aturar.

E lá dormiu descansada para repor o bom humor. E quando acordou fomos brincar para o quarto. Hoje só quis brincar com as tartarugas. E ali estivémos sentadas no tapete com toda aquela bonecada. E ela a reproduzir os diálogos que tinha ouvido no teatro :-)

E já vi as fotos e ADOREI! A minha menina não podia estar em melhores mãos, é verdade. A equipa da escola é mesmo 5 estrelas, não há dúvida! Admiro profundamente o trabalho destas pessoas. Na escola da Rafaela cada sala tem poucas crianças mas mesmo assim foram duas educadoras e uma auxiliar à visita de estudo! Tudo muito bem organizado. Parabéns à Susana, à Carina e à Mónica por terem proporcionado uma manhã tão espectacular aos pequenitos :-)

Pérolas: Barbas e bigodes

03.11.11 | Paula Veiga Claro
"Mamã, porque é que o Sportacus tem bigode?"... eu respondi: "Ora o Sportacus tem bigode porque deixou crescer a barba naquele sítio. Se os homens não fizerem a barba ela começa a crescer, a crescer e depois ficam com a barba grande como o Pai Natal ou com bigode, se preferirem! Tu vês o papá fazer a barba, não é? estás a ver esta zona mais escura na cara do papá? é a barba, mas como está feita mal se sente e a cara fica macia, mas se ele não a fizer, ela começa a picar, a crescer e a ficar grande! Há homens que gostam de ter a barba grande ou bigode, outros não. Cada um anda como gosta e como se sente melhor."

Ela ouvio a minha explicação com muita atenção. Depois continuou a olhar para mim muito séria e exclamou um bocado furiosa: "Então o Valdemar mentiu!!!!!!!!!!! O Valdemar diz que quando era pequenino não comia a sopa por isso cresceu-lhe um bigode"

O Valdemar é um dos funcionários da escolinha. É um amor de pessoa, super brincalhão e bem disposto. E quando as crianças não querem comer a sopa dizem-lhes que se não o fizerem vão ficar assim como o Valdemar, com bigode!! :-))

Enfim, lá tive que explicar à piolha que tudo aquilo é na brincadeira porque as pessoas da escolinha gostam muito das crianças por isso dizem esta mentira aos mais pequenos porque querem o melhor para eles. Querem que eles cresçam fortes e saudáveis e para isso têm que lhes ensinar a comer coisas saudáveis para adquirirem bons hábitos alimentares. Não é uma mentira má. É uma mentira amiga.

"Ok mamã, estou a perceber. E eu como sempre a sopa!!" diz ela toda orgulhosa. E isso é verdade, quem lhe tira a bela da sopa tira-lhe tudo.

E como eu costumo dizer há mentiras inofensivas.... em prol de um bem maior :-)

E mesmo que a piolha não gostasse de sopa tenho a certeza que a ia devorar num instante pois ela detesta barbas e bigodes. Aliás, aos homens nunca dá beijihos na cara!

"A barba pica!", diz ela incomodada. Então opta por lhes dar um beijinho na mão ou na testa :-)))

Bem, mas isto é agora.... daqui a uns anos quando for uma rapariga a conversa será outra!... ui ui.... nem quero pensar! Nessa altura não vai haver barba que a incomode... ou talvez haja... não sei!... eu por exemplo sou das que não gostam de pelos! gosto de uma barba bem feita e de uma pele macia e cuidada!... as barbas com dias picam que se fartam e as barbas grandes e bigodes fazem os homens mais velhos.... não me atraem minimamente. Para já não falar num belo corpo masculino, musculado e isento de pelos no peito e costas! isso sim :-) Homens Men's Health, pois claro :-)

Mas como se diz, há gostos para tudo! e é bom que assim seja :-) cada um sabe de si!

Uuuuuuuuuu... que medo!

02.11.11 | Paula Veiga Claro

Hoje temos um novo habitante aqui em casa :-))) É o fantasma que a Rafaela trouxe da escola e que está agora pendurado no seu quarto :-)

Ali anda ele a baloiçar suavemente para lá e para cá ao pé da Kitty gigante que vive em cima do guarda-roupa :-))

Todos os meninos da sala dos grandes fizeram um fantasma e a Susana pendurou-os na enorme janela que dá para a rua para assustar os transeuntes. UUUUUUUiiiiiiiii spoooky!! eh eh eh!

Mas o dia das bruxas já passou e os fantasmas tiveram autorização para deixar os seus postos e irem com os respectivos donos para casa. Então lá veio o dito cujo todo contente na mão da Rafaela :-)

E aqui está ele! :-) Agora a sua missão é proteger o quarto da princesa e assustar todos aqueles que quiserem fazer mal aos seus amiguinhos :-)

No mundo dos sonhos

02.11.11 | Paula Veiga Claro
Quando a minha filha era bebé eu olhava para ela e pensava: "O que será que vai na sua cabeça? Deve ser um vazio total!" Realmente gostava de saber o que vai na cabeça de um bebé com três ou quatro meses... será mesmo um vazio? não sei... só sei que a minha filha sempre foi muito cusca e em bebé já olhava para tudo com uma atenção fantástica. Nunca mais me esqueço das palavras da minha querida amiga Vanda quando nos veio visitar. A Rafaela tinha um mês ou dois mas fitou-a durante quase toda a visita! A Vanda fartou-se de rir ao ver aquele ser tão pequenino a olhar para ela com tanta atenção. Aqueles olhos enormes e pestanudos já revelavam uma curiosidade impressionante. "Até parece que ela está a pensar alguma coisa sobre mim! parece que está a fazer algum juízo de valor!, exclamava a Vanda toda derretida. Sempre foi uma bebé agitada (muuuuito!!) e curiosa. Ainda me lembro que quando ia às vacinas torcia-se toda deitada na maca, inclinava a cabeça para trás para conseguir olhar para tudo... enquanto isso, outros bebés da sua idade permaneciam sossegados nas macas, muitos deles quase a dormir. Já nessa altura eu falava com ela como gente grande! ainda me lembro de passar tardes inteiras sentada ao seu lado a contar-lhe histórias ou a falar sobre o que estava a fazer (agora estou a preparar o teu biberão, agora estou a fazer a tua sopinha, isto é uma cenoura e tem muitas vitaminas, e blá blá blá).... e a pensar como seria fantástico quando ela já soubesse falar, quando ela já me soubesse responder, quando ela já soubesse dizer mamã! e o papá olhava para mim e achava que eu era doida porque estava para ali a falar daquela maneira com uma bebé de poucos meses!! E ela, deitadinha na sua espreguiçadeira, não tirava os olhos de mim e se me perdia de vista desatava logo a chorar.

Mas será que nessa altura ela já pensava alguma coisa? será que existia alguma coisa para além da mamã, fome, sono e colo?... para mim aquela cabeça devia ser um vazio total... não sei!... mas se nessa altura estava vazia, agora está a ficar cada vez mais cheia! dentro dela já existe um imenso universo de fantasia, um sem número de aprendizagens e conhecimentos. Aliás, antes de ser mãe não fazia a mínima ideia que uma criança de 3 anos já soubesse tanta coisa e que tivesse tanta manha para dar volta às questões de forma a atingir o que pretende! e que falasse pelos cotovelos! a evolução do ser humano é deslumbrante e fazer parte dela é uma bênção. Agora aquela cabecinha não pára, nem a dormir! até a dormir fala! hoje de manhã virou-se na cama e exclamou de repente "Eu não te faço mal! Chamo-me capuchinho vermelho". E continuou a dormir tranquila. Tadinha, estava a sonhar com a bonecada 

Manicure :-)))

01.11.11 | Paula Veiga Claro
Hoje, ao acordar da sesta, a piolha pediu a sua habitual dose de miminhos :-) "Mamã quero muitos miminhos!" pedia ela deitada em cima da nossa cama com aquela fofura deliciosa que só as crianças têm ao acordar.

E eu, claro, nunca digo que não a mais uns miminhos! Deitei-me ao seu lado e toca de encher aquela cara linda e aquele corpinho fofo e cheiroso de mimos, beijos e abraços :-) E ela agarrada a mim, retribuia todo aquele carinho.

Costumo dizer que se a minha filha fosse um animal, seria certamente uma gatinha daquelas que andam sempre atrás da dona e que nunca dizem que não a mais uma festa, a mais um colo, a mais um carinho! Daquelas que ronronam e fecham os olhinhos quando sentem o aconchego de quem tanto amam.

A mimha piolha é mesmo assim, uma criança meiga e doce como o mel. Um verdadeiro amor de menina. Sempre a dar e a pedir miminhos à sua mamã :-) Um amor que me deixa babada!

Mas hoje, no meio desta sessão de carinhos, a princesa lembrou-se subitamente de uma coisa e exclamou "Já tenho saudades de pintar as minhas unhas!"

De facto é verdade, já há algum tempo que a piolha não me pedia para lhe pintar as unhas! hoje deu-lhe para isso :-)

Então fomos lanchar e a seguir seguiu-se uma sessão de manicure!! Toca de cortar aquelas unhas minusculas e toca de ir buscar o verniz cor-de-rosa. "Não queres pintar de vermelho Rafaela?" perguntei-lhe eu. "Não, não quero, o vermelho é do benfica", respondeu ela.

Agora anda com esta pancada!!! desde que conheceu o amigo Jubas ficou completamente rendida ao Sporting e acha que tudo o que é vermelho é do Benfica. Enfim, já lhe expliquei vezes sem conta que há muitas coisas vermelhas e que nem tudo o que é vermelho é do benfica.... mas ela não quer e pronto. Não gosto nada destas palermices futebolisticas mas enfim...

Também não acho grande piada ver crianças tão pequenas de unhas pintadas mas se isso a faz feliz e se for só de vez enquando não me parece mal de todo. Para além disso, há cada vez mais marcas com linhas exclusivas para meninas feitas com componentes aprovados para o uso em crianças.

E foi assim. Lá andou ela pela casa toda contente com as mãozinhas no ar!! "As minhas mãos ficam mesmo bonitas assim! Gosto mesmo das minhas unhas cor-de-rosa! Estão mesmo bonitas, não estão papá? Achas que amanhã a Susana vai gostar? Também queres pintar as tuas de cor-de rosa mamã? O papá podia pintar as dele de lilás, também ficava bonito! Agora quando for tomar banho o verniz não sai pois não mamã? Agora não posso mexer aí senão as minhas unhas ficam um bocadinho estragadas!" e vá de bailar como uma princesa (anda doida com o universo das princesas!) e vá de cantar e falar, falar, e falar!

No verão passado sei que também morri a rir com esta história das unhas! Um dia pintei-lhe as unhas de manhã e quando acordou da sesta disse-lhe que iamos até à praia. ELA FICOU DOIDA! Ainda meia ensonada começou aos gritos e a chorar "Eu não quero ir à praia, senão estrago as minhas unhas!!". Mas acabou por ir... mas de vez enquando olhava e dizia "As minhas unhas ainda estão muito boas!".

Enfim, é mulher e basta! :-)))

E eu pintei as minhas sossegada ao serão mas não foi de cor-de-rosa! Foi de bordeaux... ou do benfica como diria ela :-)))

Pág. 4/4