Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Coisas de princesa :-)

25.11.11 | Paula Veiga Claro
Eco-bagHá uns dias descobri um site que é uma perdição e ainda por cima é 100% português!

Tem daquelas coisas que nos aquecem o coração... coisas queridas, fofinhas que apetece ter mesmo que não nos façam falta nenhuma!!!

E quando se é mãe de uma menina temos sempre uma desculpa para cometer certos devaneios :-)

Ela gosta e eu também!... então porque não??... usa ela e uso eu!! Estou a falar deste saquinho lindo que está farto de me fazer olhinhos!!! Um eco-bag amoroso que ficava ainda mais amoroso com as coisinhas da minha princesa lá dentro (ou com as minhas!!).
http://www.princesspea.net/shop/


Preguiça

23.11.11 | Paula Veiga Claro
Das duas uma! ou eu sou demasiado enérgica ou as pessoas são na sua maioria demasiado preguiçosas.
Hoje ao final da tarde tivémos que ir ao C.C. Alegro e as escadas rolantes do piso 0 para o piso 1 estavam paradas. Então não é que a maioria olhava para as escadas, fazia uma cara de horror e ia dar a volta para apanhar o elevador!!!! Estamos a falar de meia dúzia de escadas rolantes!! Ficavam a olhar para aquilo entre lamurias e suspiros como se tivessem que escalar o pico Everest, viravam as costas e lá se iam a arrastar até aos elevadores do fundo.

Se fossem pessoas idosas ou com alguma deficiência eu compreendia... mas malta nova a virar costas a meia dúzia de degraus??

Eu e a Rafaela lá fomos pelo pico Everest, pois claro! porque não somos aleijadas nem preguiçosas e subir escadas é um excelente exercício cardiovascular. "Vá Rafaela, dá cá a mão à mamã. Força nas pernocas e atenção às escadas!"

E lá fomos nós.

Mas isto sou eu... talvez eu é que não seja normal! porque tenho bicho carpinteiro e sou das que prefere um bom lance de escadas a um elevador porque tenho receio de ficar lá fechada. E os músculos agradecem :-)

E hoje tive um daqueles dias puxados... cansativos... um pouco acinzentados...  mas não há nada melhor que uma boa dose de exercício para "lavar" a alma e relaxar o espírito. Se as pessoas soubessem o bem estar que o desporto proporciona... mas muitas nem querem ouvir falar do assunto. Enfim, não sabem o que perdem mas isto cada um sabe de si e mais nada!

E agora é hora de dormir porque por muita energia que tenha não sou de ferro e hoje estou particularmente estoirada. Amanhã há mais.

Birra matinal :-(

23.11.11 | Paula Veiga Claro
Hoje tivémos uma bela birra logo pela manhã. Há muito tempo que a madame Rafaela não fazia uma cena destas. Saltou da cama dela para a nossa e vá de chorar, vá de gritar, vá de espernear em cima dos lençois como se estivesse possuída "Eu nã quero ir para a escola, eu quero ficar em casa, eu estou muito cansada, mas porque é que hoje não é fim de semana, eu quero dormir mais um bocadinho!!!!"
O papá continuou na casa de banho como se nada fosse pois quando a piolha acorda mal disposta o melhor é ignorar até que lhe passe. Até porque o papá não tem a minha paciência e quando se aborrece a coisa fica feia e é melhor nem chegar perto!!!

Eu ainda tentei explicar que hoje é quarta feira e que é dia de escola... e que de tarde logo dorme a sesta... e que já se fartou de dormir durante a noite... e que eu e o papá também temos sono e não andamos a chorar e aos gritos pela casa... e que à hora a que ela acorda já muitas crianças estão na escola e ela ainda aqui está no quentinho da cama. Acordo-a sempre por volta das 8h30 e às 9h00/9h10 está na escola que é mesmo do outro lado da rua... mas quando ela acorda assim não há nada a fazer!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ela nem me ouve... e quanto mais falo mais ela se irrita!

Nestas situações não vale a pena gastar o meu latim. O melhor é retirar-me e deixar que a piolha se acalme. "Rafaela, quando estiveres mais calma chama-me para eu te vestir, ouviste?". Digo-lhe isto em voz baixa e serena e retiro-me. Só assim se acalma.

E passado uns minutos lá veio ter comigo, e lá me pediu mil e uma desculpas entre soluços e lágrimas. Mas são lágrimas de crocodilo pois de um momento para o outro já estava a rir e a cantarolar!! :-))))

E lá a deixei na escola às 9h00, feliz da vida como se nada fosse.

Enfim, vá-se lá compreender as crianças! Nós adultos é que deviamos chorar pois há dias em que não apetece mesmo nada sair da cama e enfrentar mais um dia repleto de caras cinzentas, crise, desemprego e blá blá blá.

Futebolices

22.11.11 | Paula Veiga Claro
Todos os dias, antes de me deitar, tenho por hábito preparar a toilette da madame Rafaela para o dia seguinte. Ontem à noite perguntei-lhe "Rafaela, amanhã é dia de ginástica. Queres levar a camisola cor-de-rosa da Adidas ou a camisola do Jubas?"

Ela respondeu de imediato com um sorriso maroto "Quero levar a do Jubinhas!!! para depois mostrar à Susana e ela dizer blacccccccc!!!"



Eu fartei-me de rir e o papá ficou todo babado com a sua pequena lagartixa!!
A piolha já gosta de "picar"! eh eh eh!! A educadora é 100%, ou melhor, 200% benfiquista e a Rafaela já começa a gostar dos despiques futebolísticos.

A piolha ficou radiante quando o papá lhe comprou a camisola mas foi com receio que a vestiu pela primeira vez e a levou para a ginástica. "A Susana vai ficar furiosa, é melhor despir o Jubinhas ou tapar com um casaquinho", dizia ela. E quando chegou à escola o desejo de mostrar o Jubas misturava-se com o receio de ouvir a fúria benfiquista!! :-)))

Mas lá lhe explicámos que a Susana diz aquelas coisas na brincadeira. É tudo na desportiva porque cada um gosta do que gosta e ninguém tem nada com isso. Se todos gostassem da mesma coisa isto não tinha piada nenhuma. E a verdade é que a piolha interiorizou isto de tal maneira que acabou por massacrar a Susana a manhã inteira com esta conversa! E a Rafaela quando quer consegue ser CHATA, mas tão CHATA... ao ponto de uma pessoa quase pagar para ela se calar!!

E hoje de manhã quando a acordei, a primeira coisa que saiu daquela boquinha faladora foi um sonoro "O Jubas é o maior!!!".

E eu fiquei a olhar. Valha-me Nossa Senhora, o que é isto??!! eu que não ligo nenhuma a futebol!! e o papá é sportinguista mas é moderado, não é dos fanáticos!... acho que a competição benfica/sporting que se vive na escolinha está a transformar a piolha numa leoa da pior espécie!! :-)))

E levantou-se da cama e foi dar um beijinho ao Jubinhas da camisola... e quando vestiu o casaco, antes de ir para a rua, exclamou num tom carinhoso enquanto fazia festinhas no próprio peito "O Jubinhas vai aqui quentinho debaixo do meu casaquinho!"

E eu vá de rir!! Ela que aproveite as terças feiras desportivas para vestir a dita camisola porque assim que chega da escola a camisola vai para lavar ou guardar (dependendo do estado a que chegue a casa).

Andar na rua de fato de treino ou com camisolas futeboleiras é de uma piroseira sem limites!! No way! É verdade que cada um sabe de si mas é de pequenino que se torce o pepino e o bom gosto também se aprende. A primeira regra é saber vestir de acordo com as situações. É assim. Está dito.

Considerações natalícias

22.11.11 | Paula Veiga Claro
Aqui em casa temos uma regra: no Natal só damos prendas às crianças. É uma regra que já temos há alguns anos. A excepção vai para os nossos pais a quem damos sempre uma lembrança mas, este ano, por decisão familiar, também eles vão ser excluídos.
Assim, podemos comprar prendas melhores para os pequenitos (ou dar o valor em dinheiro) e evitamos gastos superfluos com prendas para os adultos que no fundo não precisam de nada ou nem gostam do que se lhes dá.

E este ano vamos optar por dar roupa ou dinheiro à criançada. Este ano não há brinquedos para ninguém. A quantidade de tralha que os miúdos têm é surreal! Crescem no meio do excesso, da fartura e nem sabem o que é levar um ano inteiro a pedir uma Barbie e só a ter no Natal. Hoje, nesta sociedade descartável, têm de tudo às dúzias e o desejo de conquistar aquilo que tanto se quer caiu por completo em esquecimento. É triste, por tudo isto tenho a sensação que as crianças de hoje não dão valor a nada. São o reflexo desta estúpida sociedade de consumo em que as pessoas vivem rodeadas de falsas necessidades. E o marketing tem feito um excelente trabalho neste sentido!! Não é por acaso que o mundo está como está... mas isto é outra conversa.

Mas com ou sem crise a verdade é que sempre gostei de oferecer coisas úteis. Não suporto dar ou receber tralha!
Tenho por hábito perguntar às pessoas o que é que precisam antes de lhes oferecer algo. E sou apologista do pouco mas bom. Prefiro dar ou ter poucas coisas boas do que dar ou ter muitas coisas más. Qualidade acima de tudo :-)

E nos tempos que correm a minha máxima ganha ainda mais consistência. Roupa para a criançada porque dá sempre um jeitão, porque está sempre a deixar-lhes de servir e porque se não gostarem podem trocar por outra peça que gostem mais ou que lhes faça mais falta.

Para nós adultos não há prendas. Para nós adultos a melhor prenda é a saúde, o convívio entre a família e a felicidade única que só os nossos filhos nos proporcionam com os seus sorrisos maravilhosos. A alegria com que as crianças vivem esta quadra vale ouro! graças a elas e só a elas, tudo isto tem a magia que tem.

E eu neste aspecto não posso estar mais feliz porque fui verdadeiramente abençoada. No dia 26 de Dezembro de 2007 tive a melhor "prenda" de Natal do muuuuuuuuuuuundo! A minha FILHA :-)

Saúde da boa é o meu único desejo para a ver crescer e para levar esta vida para a frente porque os tempos que correm não são cor de rosa e exigem músculos e garras de aço! :-)))

Carta para o Pai Natal :-)

21.11.11 | Paula Veiga Claro
O mês que se avizinha é sempre um grande mês! É o mês do Natal e é o mês do aniversário na nossa querida e adorada filha.
Há que organizar as ideias porque eu não sou pessoa de deixar para amanhã o que posso fazer hoje. Esta semana vamos escrever a carta para o Pai Natal para que não haja enganos porque isto de se fazer anos no dia 26 de Dezembro tem muito que se lhe diga!... pode causar confusão a um Pai Natal stressado com tanto pedido e solicitação :-))
Então é assim Sr. Pai Natal. A Rafaela tem os seus momentos de teimosia e há dias em que se porta menos bem, mas em compensação tem um coração de ouro, é muito amiga dos pais e é um amor de menina. É a ternura em pessoa, uma criança absolutamente doce, meiga e carinhosa. Está sempre pronta para dar e receber miminhos e aquece o coração daqueles que ama com o seu sorriso doce e as suas palavras melosas. É dona de uma pureza e de uma meiguice cristalinas.
Por tudo isto, eu e o papá achamos que ela merece ter "no sapatinho" as prendas que tanto deseja. É uma menina bem educada e sabe que tem que continuar a portar-se bem para que o Pai Natal seja amigo dela :-)
Então é assim, vamos lá dividir as tarefas para não nos trocarmos todos! Para o Natal a piolha quer a Baby Alive e o Kukicat. Isto fica a seu cargo, o.k?? nada de enganos porque ela está farta de me massacrar a cabeça com medo que se esqueça ou que troque a morada... mas eu já lhe disse que o Pai Natal não brinca em serviço ;-)

E a cargo dos pais e dos avós ficam as prendas para o dia 26, ou seja, para o dia de anos! Temos assim a Lalaloopsy, o Mauzão e uma cadeirinha nova para passear os bebé porque a outra partiu-se quando a piolha meteu na cabeça que tinha que se deitar nela! mas está desculpada porque nessa altura tinha apenas dois anos e não sabia o que fazia! mas serviu-lhe de lição porque nunca mais se esqueceu e percebeu que quando estraga as coisas fica sem elas. Por isso, agora que já é uma "senhora", é tão estimada e cuidadosa com as suas coisinhas :-)

O que ela não sabe é que o Pai Natal já deixou as prendas na arrecadação e que a bonecada para os anos também já lá está :-) Ontem comprámos a Lalaloopsy mesmo debaixo do nariz dela e a pobre inocente nem percebeu! Estivémos na loja, o papá desapareceu por uns instantes e eu disse-lhe que ele tinha ido comprar uma prenda para o primo Miguel. Quando o viu chegar de saco na mão espreitou lá para dentro e perguntou "É a prenda para o primo Miguel? Compraste um Gormiti? eu não gosto de Gormitis, não gosto de coisas feias, sou uma menina!"

Santa inocência.... e o primo Miguel não vai ter Gormitis porque este ano optámos por não dar brinquedos a ninguém.... mas pronto, faz de conta! É daquelas mentiras sem importância :-))

Este ano e porque os tempos são de crise, vamos ofercer roupa ou dinheiro porque chega a um ponto em que nem eles nem nós sabemos o que fazer a tanto brinquedo. E a roupa e o dinheiro dão sempre um jeitão ;-)

Passo a palavra. Mercado de Natal

21.11.11 | Paula Veiga Claro
Ora aqui fica uma boa sugestão. Uma espécie de três em um! Dá-se uma volta pelo aprazível Campo Pequeno, fazem-se umas comprinhas de Natal e aposta-se no que é nacional.

E se não comprarmos nada, ficamos pelo menos com a satisfação de um passeio diferente em família e a baixo custo!... porque a entrada é gratuita ;-)


Pérolas: Vaidades

18.11.11 | Paula Veiga Claro

Hoje de manhã antes de sairmos de casa, dei uma volta aos acessórios e optei por um colar um pouco senhoril que já não usava há algum tempo mas que ficava a matar com o look de hoje.

A Rafaela olhou para mim e exclamou "Uau mamã, pareces uma senhora!! Esse colar fica-te mesmo bem, é tão elegante! É mesmo bonito, gosto muito desta bolinha e desta também! É mesmo giro mamã!"

E com as suas mãozinhas pequeninas vá de mexer e admirar o colar como só nós mulheres sabemos fazer!! :-))))

Achei um piadão ela dizer que eu hoje pareço uma senhora! eh eh eh!! está habituada a ver-me com um look mais casual mas pelos vistos adorou ver a mamã com ar de senhora!! :-))

É por estas e por outras que ADORO ser mãe de uma menina. A cumplicidade entre nós é total, my love, my light, my life :-)